Rede D'or (RDOR3): lucro líquido de R$ 419,5 milhões no 4T21, alta de 38,5%

LinkedIn

A Rede D’Or São Luiz registrou lucro líquido de R$ 419,5 milhões no quarto trimestre do ano passado, alta de 38,5% em relação ao mesmo período de 2020. Entre janeiro e dezembro, o lucro líquido da Rede D’Or cresceu 265,2%, para R$ 1,67 bilhão.

O lucro foi impulsionado pelo aumento da participação de controladas tributadas pelo regime de lucro presumido nos resultados da companhia e pelo benefício fiscal dos incentivos fiscais (Lei Rouanet, Audiovisual, Incentivo ao Esporte, entre outras) que normalmente é concentrado no último trimestre do ano.

A receita líquida da companhia foi de R$ 5,1 bilhões, ante R$ 4,1 bilhões no quarto trimestre do ano anterior.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado da Rede D’Or cresceu 12,5% no último trimestre do ano passado, totalizando R$ 1,285 bilhão.

Já a margem Ebitda ajustado atingiu 25% no período, recuo de 2,4 pontos porcentuais frente a margem registrada em 4T20.

O retorno sobre o capital investido (ROIC, na sigla em inglês) foi de 12,2% no 4T21, aumento de 4,2 pontos percentuais na comparação com 4T20.

As despesas gerais e administrativas no quarto trimestre, atingiram R$ 219,4 milhões, com alta de 88,2% ante o mesmo período do ano passado devido à menor base comparativa no 4T20 – quando a companhia não registrou despesas de remuneração baseada em ações. Em relação ao 3T21, as despesas G&A apresentaram queda de 4,2%.

O resultado financeiro líquido foi uma despesa de R$ 463 milhões nos últimos três meses do ano passado, crescimento de 34,4% sobre as perdas financeiras do mesmo período de 2020.

O lucro bruto da Rede D’Or totalizou R$ 1,067 bilhão no 4T21, avanço de 4,3% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

A margem bruta atingiu 20,8% no último trimestre de 2021, recuo de 3,8 pontos porcentuais na comparação anual.

O ticket médio, calculado a partir da receita bruta total e do número de pacientes-dia, aumentou 9,1% em 2021, comparado ao ano anterior.

No 4T21, o indicador apresentou crescimento de 11,7%, impactado principalmente pela variação do perfil médio de tratamentos, em decorrência do menor número de pacientes graves em leitos UTI Covid-19. É importante lembrar que integrações de aquisições e outras linhas de negócios também impactam o cálculo do ticket médio.

A dívida líquida da Rede D’Or ficou em R$ 12,665 bilhões no final de dezembro de 2021, crescimento de 130% em relação ao mesmo período de 2020.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 2,6 vezes em dezembro/21, uma elevação de 0,4 vez em relação ao mesmo período de 2020.

Os investimentos (ex-M&A) atingiram R$ 518,8 milhões no trimestre, totalizando R$ 2,005 bilhões em 2021. O montante dedicado a Fusões e Aquisições (M&A) encerrou o ano em R$ 3,647 bilhões, 46,5% superior ao registrado em 2020.

A Rede D’Or terminou 2021 com 10.618 leitos totais – um incremento de 520 leitos frente ao trimestre anterior e 20,4% acima do valor registrado ao final de 2020.

Ao fim do 4T21, 8.946 leitos estavam em operação; 1.553 leitos operacionais a mais que no final do ano anterior.

A taxa de ocupação dos leitos hospitalares da Rede D’Or São Luiz atingiu 76,5% no 4T21, 109 p.b. abaixo da ocupação registrada no 4T20 mas 275 p.b. superior ao 4T19.

A taxa de ocupação apresentou redução de 189 p.b., seguindo a tendência sazonal histórica conforme evidenciada no gráfico abaixo. No ano, a taxa média de ocupação de leitos hospitalares alcançou 79,3%, superando em 819 p.b. a média registada em 2020 e 211 p.b. maior que a de 2019.

A tendência de crescimento da taxa de ocupação de leitos desde abril de 2020, quando foram registrados os menores níveis mensais recentes, ilustra a gradual recuperação no volume de pacientes, que voltaram a buscar as unidades de saúde conforme o estabelecimento de protocolos de segurança hospitalar para mitigar os riscos de contágio e evolução do conhecimento sobre a Covid-19.

Os resultados da Rede D’or (BOV:RDOR3) referente suas operações do quarto trimestre de 2021 foram divulgados no dia 29/03/2022. Confira o Press Release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário