Confira as principais manchetes dos jornais desta quarta-feira (13/04/2022)

LinkedIn

As manchetes de hoje:

VALOR

🗞 ️Inflação nos EUA aumenta o risco de recessão global — Aumento dos preços ao consumidor nos EUA superou 8% em 12 meses até março, maior taxa desde 1981, com a alta nos custos da energia e dos alimentos.

🗞 ️IPCA elevado anula medidas de estímulo — Disparada dos preços deve praticamente anular impacto de medidas como a liberação do FGTS.

🗞 ️Fundos intensificam aportes em empresas .

GLOBO

🗞 Burocracia empurra concessão de aeroportos para 2024 — Galeão e Santos Dumont têm leilão atrasado; Congonhas já atrai 13 interessados para julho.

🗞 Conselho de Ética aprova cassação de Arthur do Val [SP].

ESTADÃO

🗞 Liberação de cargas supera 20 dias; empresas cobram Guedes — Operação-padrão na Receita trava importações em aduanas.

🗞 Taxa adicional na conta de luz em época de seca pode subir até 57%.

🗞 Atirador fere 29 em metrô de NY após detonar bomba de fumaça.

FOLHA

🗞 Maioria é contra Carnaval fora de época em SP e RJ.

 

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

– EUA: Balanços de BlackRock e JPMorgan, antes da abertura do mercado
– Alemanha: Vice-presidente do BCE, Luis De Guindos, apresenta o Relatório Anual do BCE à Comissão do Parlamento Europeu sobre Economia e Assuntos Monetários
– França: Relatório da AIE sobre mercado de petróleo (5h)
– IBGE: Vendas no varejo restrito em fevereiro projetam mediana de 0,2%, na margem; no varejo ampliado, de 1,1%, na margem (9h)
– EUA/Dpto Trabalho: PPI e Núcleo do PPI de março (9h30)
– EUA: Secretária do Tesouro, Janet Yellen, participa de evento do Atlantic Council (11h)
– Canadá: Decisão monetária do BoC (11h)
– EUA/DoE: Estoques de petróleo da semana até 08/04 (11h30)
– EUA: Presidente do Fed de Richmond, Thomas Barkin, participa presencialmente de painel durante Conferência de Primavera de Lideranças (13h30)
– Petrobras: Assembleia de acionistas realiza eleição do novo presidente da companhia e da renovação do conselho de administração (15h)
– Argentina/Indec: CPI de março (16h)
– Coreia do Sul: Decisão monetária do BC (22h)

(fonte BDM)

 

Deixe um comentário