ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Euro digital terá garantias de privacidade, dizem ministros de finanças europeus

LinkedIn

Um novo euro digital oferecerá maior privacidade para transações menores, mas não permitirá anonimato total, disseram autoridades após uma reunião de ministros das Finanças do bloco monetário na segunda-feira (04).

Ainda não foi tomada uma decisão formal sobre a emissão da moeda digital do banco central (CBDC), mas a União Europeia já está considerando como vincular as inovações de pagamento às regras de combate à lavagem de dinheiro, tanto para o euro digital quanto para criptomoedas privadas, como bitcoin.

Os ministros concordaram que qualquer novo formato para o euro deve “acomodar as preocupações com a privacidade”, disse o ministro das Finanças irlandês, Paschal Donohoe, a repórteres, mas as novas regras também serão “contrariando o uso de euros digitais para fins injustificados”.

“Uma abordagem baseada em risco poderia ser seguida, permitindo mais privacidade para transações menos arriscadas e menores e vice-versa”, disse Donohoe, que preside as reuniões ministeriais conhecidas como Eurogrupo.

Pagamentos off-line para pagamentos de baixo valor feitos entre pessoas fisicamente próximas, como em lojas e entre amigos, ajudariam a incluir aqueles cortados do sistema financeiro, disse ele, apoiando propostas recentes feitas por Fabio Panetta, do Banco Central Europeu .

A Comissão Europeia deve apresentar em breve uma consulta sobre qualquer legislação que possa ser necessária para apoiar o novo euro digital, mas também foi avisada de que um sistema indevidamente centralizado pode representar um “pote de mel” de dados para espiões e constituir uma vigilância em massa preocupante.

“Um euro digital completamente anônimo não é desejável”, disse Paolo Gentiloni, da Comissão Europeia, a repórteres.

Na semana passada, o Parlamento Europeu concordou com novas regras controversas contra a lavagem de dinheiro que exigiriam a identificação daqueles que participam de pagamentos de criptomoedas de pequeno valor, como bitcoin, que muitos na indústria disseram que invadiriam a privacidade e sufocariam a inovação.

Com informações de CoinDesk

Deixe um comentário