Banco do Brasil desembolsa R$ 300 milhões na linha Crédito de Energia Renovável

LinkedIn

O Banco do Brasil desembolsou R$ 300 milhões na linha Crédito de Energia Renovável entre maio do ano passado e maio deste ano. O banco ampliou o prazo máximo da linha, de 60 para 96 meses, e passará a contemplar a aquisição de imóveis localizados fora de áreas urbanas, como chácaras e sítios.

Segundo o banco, já são cerca de 11 mil projetos residenciais contemplados. Com as mudanças, a instituição afirma que as prestações ficarão menores, o que vai permitir a substituição do valor da conta de energia pela prestação do financiamento. O BB (BOV:BBAS3) afirma que a ampliação de prazo faz parte das ações de incentivo a eficiência energética.

Pessoas físicas podem financiar até 100% dos sistemas fotovoltaicos para geração de energia solar em residências, com valores de R$ 5 mil a R$ 100 mil. A carência é de até 160 dias para o pagamento da primeira parcela, e a aquisição dos materiais e a montagem do projeto devem ocorrer em um dos fornecedores conveniados ao banco.

Informações Broadcast

Deixe um comentário