Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com queda de 1,08% e todos os destaques de hoje (30/06/2022)

LinkedIn

O Ibovespa encerrou o último pregão de junho, e do primeiro semestre deste ano, em queda de 1,08%, aos 98.542 pontos, acompanhando o mau humor do mercado global e com temor fiscal no radar dos investidores. No acumulado de junho, o principal índice da Bolsa brasileira registrou perdas de 11,50%.

Na contramão do desempenho negativo do indicador, as ações de Fleury (FLRY3) foram destaque da sessão de hoje (30). Os papéis da empresa tiveram forte alta de 16,10% após acertar a aquisição da Hermes Pardini (PARD3), que também subiu (+18,99%).

A sessão de hoje foi marcada por perdas no mercado externo, que segue atento aos riscos de desaceleração global. O diretor de investimentos de renda fixa da PIMCO, Andrew Balls, disse que é mais provável haver recessão nos Estados Unidos nos próximos 12 meses do que um cenário sem recessão.

➡️ Veja o fechamento desta quinta-feira:

🇧🇷 IBOV: -1,08% a 98.542 pts
🏢 IFIX: -0,13% a 2.796 pts
💵 Dólar: +0,78% a R$ 5,23
💶 Euro: +1,18% a R$ 5,48
💰 Bitcoin: -5,46% a 99.317 pts

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: -0,82% a 30.775 pts
S&P 500: -0,88% a 3.785 pts
Nasdaq: -1,33%, a 11.028 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/06/2022  0,01% 111.359,94 R$ 25,5 bilhões
 02/06/2022   0,93%  112.392,91  R$ 24,3 bilhões
03/06/2022 -1,15% 111.102,32 R$ 20,9 bilhões
06/06/2022 – 0,82%  110.185,91 R$ 16,9 bilhões
07/06/2022 – 0,11% 110.069,76  R$ 21,2 bilhões
08/06/2022 – 1,55% 108.367,67 R$ 22,4 bilhões
09/06/2022 – 1,18% 107.093,71 R$ 25,8 bilhões
10/06/2022 -1,51% 105.481,23  R$ 30,2 bilhões
13/06/2022 – 2,73% 102.598,18 R$ 31,2 bilhões
14/06/2022 -0,52%  102.063,25 R$ 23,6 bilhões
15/06/2022  0,73% 102.806,82 R$
17/06/2022 -2,90% 98.401,73 R$ 31 bilhões
20/06/2022 0,03% 99.852,67 R$ 22,5 bilhões
21/06/2022 – 0,17% 99.684,50 R$ 22,7 bilhões
22/06/2022  -0,16% 99.522,32 R$ 23,5 bilhões
23/06/2022 – 1,45%  98.080,34 R$ 24,6 bilhões
24/06/2022 0,60% 98.672,26 R$ 22,1 bilhões
27/06/2022  2,12% 100.763,60 R$ 21,6 bilhões
28/06/2022 -0,17 100.591,41 R$ 24,4 bilhões
29/06/2022 -0,96%   99.621,58 R$ 19,9 bilhões
30//06/2022 -1,08% 98.541,95 R$ 27,5 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

FLRY3: +16,10% a R$ 16,30
HAPV3: +3,80% a R$ 5,47
MRVE3: +2,90% a R$ 7,81
VIVT3: +3,07% a R$ 47,06
TIMS3: +2,08% a R$ 12,76

  • BAIXAS IBOVESPA

VIIA3: −8,13% a R$ 1,92
CSNA3: −6,42% a R$ 15,44
CMIN3: −6,31% a R$ 3,86
JHSF3: −5,66% a R$ 5,83
SLCE3: −5,56% a R$ 44,13

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Ambipar (AMBP3)

    A Ambipar informou a aquisição do controle acionário da empresa Bioenv Análises Ambientais, através de sua controlada Ambipar Response. Saiba mais…

    Cemig (CMIG3/CMIG4) 

    A Cemig aprovou a aquisição, por meio de sua subsidiária integral Cemig SIM, de 100% de participação societária detida pela Genesys Participação Societária e o Sr. Antônio Carlos Torres em Sociedades de Propósito Específico (SPEs) detentoras de três usinas fotovoltaicas localizadas em Minas Gerais. Saiba mais…

    A Cemig concluiu a liquidação da sua 8ª emissão de debêntures simples no valor total de R$ 1 bilhão. Saiba mais…

    Cogna (COGN3)

    O Conselho de administração da Cogna aprovou a emissão de debêntures simples, no valor de R$ 500 milhões. Saiba mais…

    Ecorodovias (ECOR3)

    A Ecorodovias assinou um termo aditivo ao contrato de concessão da BR 135 com o Estado de Minas Gerais que resultará no reequilíbrio em favor da Concessionária, mediante desconto integral da outorga pelo prazo de 30 meses, a contar a partir do início da operação do segmento rodoviário denominado Anel Viário de Montes Claros pela Concessionária. Saiba mais…

    Eletrobras (ELET3/ELET5/ELET6)

    A Eletronorte, subsidiária da Eletrobras, arrematou o lote 8 do leilão de transmissão de energia, ao ofertar uma receita anual permitida (RAP) de R$ 12,25 milhões, o que representa um deságio de 38,57% ante o valor máximo de R$ 19,94 milhões estabelecido pelo regulador. Saiba mais…

    Energisa (ENGI11)

    A Energisa arrematou nesta quinta-feira o lote 12 do leilão de transmissão de energia, ao ofertar uma receita anual permitida (RAP) de R$ 17,68 milhões, o que representa um deságio de 45,26% ante o valor máximo de R$ 32,30 milhões estabelecido pelo regulador. Saiba mais…

    GPS Participações (GGPS3) 

    A GPS concluiu a aquisição da sociedade Motus Serviços Ltda, após a prática de todos os atos aplicáveis, incluindo o cumprimento das condições precedentes a que a Aquisição estava sujeita.

    Hermes Pardini (PARD3) e Fleury (FLRY3)

    Os laboratórios Fleury e Hermes Pardini anunciaram um acordo para combinação de negócios entre as duas empresas. Com a operação, a companhia combinada deve gerar um incremento de Ebitda anual combinada entre R$ 160 milhões e R$ 190 milhões. Saiba mais…

    Isa Cteep (TRPL3/TRPL4)

    A Transmissão Paulista arrematou o lote 3 do leilão de transmissão de energia, ao ofertar uma receita anual permitida (RAP) de R$ 285,73 milhões, o que representa um deságio de 46,75% ante o valor máximo de R$ 536,6 milhões estabelecido pelo regulador. Saiba mais…

    Kepler Weber (KEPL3)

    A Kepler Weber aprovou a assinatura do Memorando de Entendimentos (MOU) preliminar visando à aquisição de 50% mais uma quota da Procer Automação, principal player do Brasil com foco específico em tecnologias para desenvolver equipamentos que permitem a automação de silos. Saiba mais…

    A Kepler Weber aprovou a recompra de até 8,9 milhões de ações. A recompra tem por principal objetivo a manutenção em tesouraria das ações para eventual cancelamento ou alienação pela companhia.

    Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3)

    A Localiza e a Unidas apresentaram a relação de troca final de ações e o valor da combinação de negócios. Saiba mais…

    MRV (MRVE3)

    A MRV Engenharia e Participações aprovou o novo programa de recompra de ações de sua própria emissão. Saiba mais…

    Neonergia (NEOE3)

    A Neoenergia venceu a disputa pelo lote 11 do leilão de transmissão realizado na B3, em São Paulo. Saiba mais…

    A Neoenergia arrematou o lote 2 do leilão de transmissão de energia, o maior ofertado no certame, com lance de uma receita anual permitida (RAP) de R$ 360 milhões, o que representa um deságio de 50,33% ante o valor máximo de R$ 724,7 milhões estabelecido pelo regulador. Saiba mais…

    Oi (OIBR3/OIBR4)

    A Oi demitiu 1,9 mil pessoas e cortou despesas em 7,2%, segundo o Valor Econômico. Saiba mais…

    Omega (MEGA3)

    A Omega iniciou a implantação do projeto Goodnight.

    Pague Menos (PGMN3)

    A rede de farmácias Pague Menos está em uma cruzada para aumentar suas vendas pela internet. Para isso, bebeu na fonte de varejistas como o Magazine Luiza, utilizando a estratégia de recrutar revendedores online, que criam suas próprias minilojas e comercializam produtos entregues diretamente pela companhia. Saiba mais…

    Petrobras (PETR3/PETR4) e Braskem (BRKM5)

    A Petrobras e a Braskem firmaram acordo para identificar novas oportunidades de cooperação tecnológica e negócios circulares e em baixo carbono, visando a utilização de tecnologias mais sustentáveis e o desenvolvimento de produtos circulares e com menor emissão de CO2.  Saiba mais…Suzano (SUZB3)

    A Suzano celebrou contrato de compra e venda de participação societária,  para aquisição da totalidade das ações de emissão da Caravelas Florestal. Saiba mais…

    A Suzano informou a intenção de construção de uma fábrica de papel Tissue e conversão em papel higiênico e papel toalha no município de Aracruz, no Estado do Espírito Santo, com capacidade de 60 mil toneladas por ano. Saiba mais…

    Taesa (TAEE11)

    A Taesa, venceu a concorrência pelo lote 10 do leilão de transmissão de energia desta quinta-feira, ao ofertar uma receita anual permitida (RAP) de R$ 18,78 milhões, o que representa um deságio de 47,96% ante o valor máximo de R$ 36,1 milhões estabelecido pelo regulador. Saiba mais…

    Tradersclub (TRAD3)

    O Traders Club divulgou comunicado no qual afirma não estar sob investigação da CVM, como havia noticiado mais cedo a coluna de Lauro Jardim, de O Globo. De acordo com o colunista, a investigação seria por suposta manipulação de cotação de ações. Saiba mais…

    Vale (VALE3)

    A mineradora Vale obteve a aprovação da sociedade classificadora DNV para um projeto de incorporação de tanques multicombustíveis em navios transportadores de minério de ferro, em passo para reduzir as emissões de carbono das embarcações em até 80%, disse um executivo da companhia. Saiba mais…

    Valid (VLID3)

    A Valid Soluções celebrou contrato de oferta vinculante com a Vsoft Tecnologia Participações e a Viasoft Soluções Tecnológicas. Saiba mais…

    Via (VIIA3)

    A Via divulgou que fará sua 8ª emissão de 500 mil debêntures, em três séries, no valor de R$ 500 milhões. Saiba mais…

    Vibra Energia (VVBR3)

    A Vibra Energia inaugura seu primeiro eletroposto para recarga ultrarrápida de veículos elétricos, dando início a um plano que envolve 70 instalações do tipo até o final de 2023, com investimentos estimados em cerca de R$ 50 milhões, disse à Reuters o presidente da companhia, Wilson Ferreira Júnior. Saiba mais…

    Viveo (VVEO3)

    O conselho de administração da CM Hospitalar – Viveo aprovou a 5ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em até duas séries, com valor nominal unitário de R$ 1 mil reais, totalizando um montante de R$ 1 bilhão. Saiba mais…

    (Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário