JPMorgan diz que o ciclo de desalavancagem do mercado de criptomoedas não será longo

LinkedIn

O colapso do fundo de hedge cripto Three Arrows Capital (3AC) indica que as ramificações da queda do mercado de criptomoedas deste ano continuam a reverberar, disse o JPMorgan (NYSE:JPM) em um relatório na quarta-feira (29).

O JPMorgan Chase também é negociado na B3 através do ticker (BOV:JPMC34).

Embora seja difícil avaliar quanto mais desalavancagem ainda precisa acontecer, disse o banco, seus indicadores sugerem que o processo já está bem avançado.

Múltiplas falhas entre empresas do setor não devem surpreender, dado o cenário de desalavancagem e a queda de 70% na capitalização de mercado de ativos digitais desde novembro, diz o relatório.

As entidades que empregavam maior alavancagem no passado são agora as mais vulneráveis, disse o banco. “Seja mineradores que tomaram emprestado para expandir operações usando seu bitcoin como garantia, ou empresas como a MicroStrategy (MSTR, M2ST34) que tomaram emprestado no passado para investir ainda mais em bitcoin, ou fundos de hedge usando futuros para alavancar suas posições, ou investidores de varejo tomando empréstimos via contas de margem para investir em várias criptomoedas.”

O fracasso do 3AC é uma manifestação desse processo de desalavancagem, diz a nota, acrescentando que o processo parece bem avançado, “tornando o processo de formação de fundo nos mercados de criptomoedas mais volátil”.

Os mineradores de Bitcoin (BINA:BTCUSDT) são outra fonte de estresse para os mercados de criptomoedas, disse o JPMorgan, dada a pressão para vender seus tokens para desalavancar ou cobrir o custo de suas operações. A venda de bitcoins por mineradores se intensificou em junho e provavelmente continuará no terceiro trimestre, disse.

As empresas de criptomoedas mais fracas, aquelas com alta alavancagem e níveis de capital mais baixos, são as mais desafiadas. Por outro lado, aqueles com os balanços mais saudáveis ​​têm maior probabilidade de sobreviver e emergirão mais fortes assim que esta fase atual terminar, diz o relatório.

O JPMorgan identifica duas razões para sugerir que o ciclo pode não ser muito prolongado: empresas de criptomoedas mais fortes com balanços mais robustos estão intervindo para ajudar a conter o contágio e o ritmo contínuo e saudável do financiamento de capital de risco (VC), uma importante fonte de capital para o ecossistema de ativos digitais.

Com informações de CoinDesk

Deixe um comentário