Bitmain começará a vender novo modelo de plataforma de mineração Ethereum na quarta-feira

LinkedIn

A Bitmain, principal fabricante mundial de mineradores de bitcoin (BTC), começará a vender um novo modelo de plataforma Ethereum em seu site na quarta-feira (06), mesmo quando a segunda maior rede de criptomoedas se afasta da tecnologia de prova de trabalho (PoW).

A fabricante chinesa de plataformas anunciou a notícia no Twitter na terça-feira, dizendo “Chegou a hora”.

Ao contrário da mineração de bitcoin, que é realizada principalmente com circuitos integrados específicos de aplicativos (ASIC) – ou seja, chips feitos sob medida para o trabalho – a mineração de Ether geralmente usa unidades de processamento gráfico (GPU), que também são utilizadas em outros tipos de computação.

A crescente popularidade da mineração de ETH foi um fator chave para aumentar os preços das GPUs em 2021, tanto que a empresa de tecnologia Nvidia (NVDA, NVDC34) lançou GPUs específicas para mineração.

Mas à medida que o Ethereum avança em direção à mineração de prova de participação (PoS), os preços das GPUs diminuíram significativamente. A transição , conhecida como Fusão, foi constantemente adiada nos últimos meses.

O novo Antminer E9, como é chamado o equipamento, foi revelado há mais de um ano.

O modelo que estará à venda quarta-feira às 10h (horário de Brasília) é um pouco mais eficiente em termos de energia do que foi detalhado no ano passado, consumindo 8 joules/terahash (J/TH) em vez de 8,5 J/TH.

O modelo é equivalente a 25 placas gráficas Nvidia GeForce RTX 3080, disse Bitmain, em oposição a 32 RTX 3080, que é o que prometeu no ano passado.

A Bitmain lançou outro equipamento de mineração Ethereum, o Antminer E3, em 2018, mas não o está mais vendendo em seu site.

Com informações de CoinDesk

Deixe um comentário