Coinbase garante a aprovação do provedor de serviços de criptoativos na Itália

LinkedIn

A exchange de criptomoedas Coinbase (NASDAQ:COIN), com sede nos Estados Unidos, continua a expansão europeia agressiva, garantindo a aprovação para oferecer serviços de criptomoeda na Itália.

A Coinbase anunciou em 18 de julho que obteve a aprovação do Crypto Asset Service Provider do regulador italiano contra lavagem de dinheiro, Organismo Agenti e Mediatori (OAM).

De acordo com um post de Nana Murugesan, vice-presidente de desenvolvimento internacional e de negócios da Coinbase, a aprovação permitirá que a Coinbase continue a oferecer serviços de criptografia e lançar novos produtos na Itália.

A Coinbase também é negociada na B3 através do ticker (BOV:C2OI34).

A Coinbase começou a fornecer seus serviços de criptomoeda na Itália há algum tempo. Conforme relatado anteriormente, a exchange oferecia serviços de cartão Coinbase na Itália ao lado de países como Espanha e Alemanha a partir de junho de 2019.

Murugesan destacou que a Coinbase opera em quase 40 países europeus por meio de hubs dedicados no Reino Unido, Alemanha e Irlanda.

“Estamos no processo de fortalecer nossa presença em toda a Europa e temos registros ou pedidos de licença em andamento em vários mercados importantes em conformidade com os regulamentos locais”, disse Murugesan no anúncio. Ele acrescentou que o objetivo da Coinbase é aumentar sua base de clientes lançando o conjunto Coinbase de serviços de varejo, institucionais e de ecossistema em cada um desses mercados.

A Coinbase não é a primeira exchange de criptomoedas a receber a aprovação do OAM. Em maio de 2022, o regulador concedeu aprovação à exchange de criptomoedas Binance, permitindo que a empresa inaugurasse sua nova sede em Milão.

A aprovação vem em linha com os esforços de expansão reforçados da Coinbase na Europa. A exchange anunciou no final de junho que estava trabalhando ativamente para se expandir na Europa devido ao inverno de criptomoedas em andamento. Murugesan disse que a empresa planeja se registrar em vários países europeus, incluindo Itália, Espanha, França e Holanda.

Os novos planos de expansão europeia da Coinbase vieram logo depois que a empresa reduziu sua equipe em 18% em meados de junho, citando a recessão econômica.

Por Helen Partz

Deixe um comentário