Dubai apresenta plano no metaverso para atrair mais de 1000 empresas

LinkedIn

s líderes de Dubai querem que a cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos (EAU) se torne uma das 10 maiores economias do metaverso do mundo.

A Dubai Metaverse Strategy, lançada na segunda-feira (19), visa atrair mais de 1.000 empresas de blockchain e metaverso para a cidade, bem como apoiar mais de 40.000 empregos virtuais até 2030, de acordo com um anúncio publicado na agência de notícias oficial dos Emirados Árabes Unidos WAM.

“Isso impulsionaria ainda mais a economia de Dubai e apoiaria a visão do governo dos Emirados Árabes Unidos de aumentar o número de empresas de blockchain em cinco vezes o número atual”, disse o anúncio.

Sua Alteza Sheikh Hamdan bin Mohammed bin Rashid Al Maktoum, príncipe herdeiro de Dubai e presidente do Conselho Executivo de Dubai, revelou a estratégia do metaverso. Ele foi projetado de acordo com as diretrizes de Sua Alteza Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum, o governante de Dubai.

Espera-se que o metaverso impulsione os esforços dos Emirados Árabes Unidos para “fornecer soluções inovadoras, impactar positivamente a vida das pessoas e transformar a cidade em um dos centros mais inteligentes do mundo, oferecendo novas oportunidades econômicas”, de acordo com Omar bin Sultan Al Olama, ministro de Estado dos Emirados Árabes Unidos para inteligência artificial e economia digital.

De acordo com o anúncio, a realidade virtual (VR) e a realidade aumentada (AR), que facilitam o metaverso, são atualmente responsáveis por 6.700 empregos nos Emirados Árabes Unidos, contribuindo com cerca de US$ 500 milhões para a economia do país.

Um relatório de 2020 da PricewaterhouseCoopers (PwC) disse que a tecnologia VR e AR poderia adicionar US$ 4 bilhões à economia dos Emirados Árabes Unidos até 2030.

Os Emirados Árabes Unidos são a mais recente jurisdição a fazer uma grande jogada de metaverso. Em julho, a cidade chinesa de Xangai apresentou sua própria estratégia para construir uma economia baseada no metaverso no valor de 350 bilhões de yuans (US$ 52 bilhões) até o final de 2025.

Com informações de CoinDesk

Deixe um comentário