Porto Seguro passa a desenvolver as atividades de assistência nos indicadores de seguros

LinkedIn

A Porto Seguro destacou que, desde de 1º de maio de 2022, a Porto Seguro Assistência e Serviços (Porto Assistência) passou a desenvolver as atividades de assistência cindidas da operação da Porto Seguro Cia de Seguros Gerais (Porto Cia), conforme anunciado em 4 de junho de 2021.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:PPSA3) nesta terça-feira (26).

“Apesar de não causar impacto material no lucro líquido consolidado do grupo Porto, a reestruturação dessa operação, envolvendo duas controladas da Porto Seguro S.A., irá alterar a estrutura contábil societária de algumas linhas das demonstrações financeiras das empresas que compõem a vertical de negócios de seguros, impactando principalmente os indicadores de Outras Despesas Operacionais, Sinistralidade e Índice Combinado”, explicou a companhia.

De acordo com a empresa, com a incorporação das atividades de assistência pela Porto Assistência, as despesas de atividades como guinchos, prestadores de serviços, dentre outras, que eram contabilizadas parte como “sinistros retidos” e parte como “outras despesas operacionais”, passaram a ser contabilizadas nas seguradoras em uma única linha de “sinistros retidos”, visto que a empresa de serviços, Porto Assistência, passou a ser responsável por toda esta operação, faturando esses serviços diretamente contra as empresas de seguro controladas pela Porto Seguro.

“Esta operação resulta em uma mudança entre linhas, com redução no índice de “outras despesas operacionais de seguros” e aumento proporcional na sinistralidade”, explicou a Porto Seguro.

Ainda segundo a empresa, a sinistralidade também é impactada pelas despesas de assistência de seguros, em razão da margem de mercado aplicada sobre os serviços prestados pela Porto Assistência, esta última mudança com impacto também sobre o índice combinado.

Desta forma, os indicadores das operações de seguros são impactados da seguinte forma:

  • Redução do índice de outras despesas operacionais (D.O.);
  • Aumento do índice de sinistralidade; e
  • Aumento do índice combinado.

Essa contabilização passou a ocorrer de forma integral a partir de junho de 2022.

Para permitir uma comparabilidade histórica com os dados mensais divulgados pela SUSEP, os percentuais de sinistralidade de junho de 2022 reportados para a SUSEP e os números ajustados, excluindo os efeitos da cisão da operação de assistência da seguradora Porto Cia de Seguros Gerais para a empresa de serviços Porto Assistência.

Buscando observar as melhores práticas de governança corporativa e comunicar esses impactos de forma transparente, na divulgação dos resultados do segundo trimestre de 2022 e em outras oportunidades em que seja pertinente, o grupo Porto passará a incluir no seu Release de Resultados a abertura dos efeitos da cisão parcial das atividades de assistência da Porto Cia. em cada um dos indicadores mencionados acima.

“A cisão dos serviços de assistência da operação de seguros para a “Porto Assistência” gera oportunidades para o grupo Porto, como a otimização da gestão; a ampliação da oferta de serviços para novos públicos; o desenvolvimento de novos serviços; e ganhos de escala, com aumento da eficiência operacional”, explicou a companhia.

Informações FinanceNews

Deixe um comentário