Bancos Centrais podem investir com segurança no Bitcoin Private Trust da BlackRock; diz fundador da DCG

LinkedIn

O CEO do Digital Currency Group, Barry Silbert, sugere que o fundo privado de bitcoin da BlackRock torna mais fácil e seguro para os bancos centrais de todo o mundo investir em Bitcoin.

Após o lançamento do fundo privado de bitcoin (BINA:BTCUSDT) na quinta-feira (11), Barry em seu tweet apresentou fatos divertidos sobre o relacionamento comercial da BlackRock com os bancos centrais e deu a entender que os bancos centrais podem começar a investir em Bitcoin em breve.

A BlackRock (NYSE:BLK) é a maior gestora de fundos de ativos do mundo, com cerca de US$ 9 trilhões em ativos para clientes institucionais, incluindo bancos centrais.

A BlackRock também é negociada na B3 através do ticker (BOV:BLAK34).

O fundo está disponível apenas para investidores institucionais dos EUA e busca acompanhar o desempenho do Bitcoin, menos as despesas e responsabilidades do trust.

Em 2020, a BlackRock foi contratada pelo Federal Reserve dos EUA para aconselhá-lo sobre como estabilizar o mercado de títulos em meio a preocupações com a pandemia. Também em 2014, a BlackRock trabalhou com o Banco Central Europeu (BCE) para liquidar seu programa de compra de empréstimos.

Com o fundo de bitcoin privado da BlackRock, é possível que os bancos centrais em sua base de clientes experimentem ativos digitais.

Com a BlackRock, vêm os investidores institucionais

Apenas uma semana depois de selar uma parceria com a exchange de criptomoedas Coinbase (COIN, C2OI34) para oferecer aos investidores institucionais acesso à criptomoeda, a BlackRock anunciou o lançamento de seu fundo privado de bitcoin.

O bitcoin trust que será oferecido através da Coinbase Prime está disponível para clientes institucionais sediados nos EUA e oferecerá a eles exposição direta ao preço do bitcoin.

Em um momento em que os investidores de varejo estão deixando o mercado, os investidores institucionais estão dando o salto. A BlackRock destacou que, apesar das condições de mercado em declínio, seus clientes institucionais ainda exigem exposição segura ao bitcoin.

Apesar da forte desaceleração no mercado de ativos digitais, ainda estamos vendo um interesse substancial de alguns clientes institucionais em como acessar esses ativos de maneira eficiente e econômica usando nossa tecnologia e recursos de produtos.

Com informações de CryptoSlate

Deixe um comentário