ClearSale (CLSA3): prejuízo líquido de R$ 5,5 milhões no 2T22

LinkedIn

A Clearsale, especializada em soluções antifraude digital, registrou prejuízo líquido de R$ 5,5 milhões no segundo trimestre, revertendo lucro líquido de R$ 1,3 milhão um ano antes.

receita líquida foi de R$ 123,1 milhões, crescimento de 9,7% contra o mesmo período do ano anterior.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – consolidado foi de negativo em R$ 14,3 milhões no 2T22, uma melhora de R$ 38,7 milhões se comparado com 1T22, refletindo o aumento da Receita e as ações do Projeto de Equilíbrio. O ebitda ajustado foi de -negativo em R$ 8,7 milhões, uma melhora de R$ 40,7 milhões contra 1T22. A margem ebitda foi de -11,6%, melhora de 38,6 p.p. se comparado com 1T22. A margem ebitda Ajustado foi de -7,0%, melhora de 39,7 p.p. se comparado com 1T22.

O ebitda Ajustado elimina os efeitos não recorrentes no 2T21 de R$ 7,3 milhões referente a despesas com IPO e de R$ 1,7 milhão de duplicidade de cloud, enquanto no 2T22 elimina efeitos de R$ 2,3 milhões de incentivo de longo prazo, R$ 3,2 milhões de rescisão (R$2,4 milhões em custos e R$ 0,8 milhão em despesas), -R$ 1,5 milhão de ajuste de ISS (decisão favorável quanto ao processo do direito de exclusão de ISS da base de cálculo do PIS/COFINS) e R$ 1,7 milhão de aquisição de patente na ClearSale LLC (subsidiária internacional).

O lucro bruto totalizou R$ 35,9 milhões no 2T22, redução de 21,5% contra o 2T21, mas um aumento de 159,4% contra o trimestre anterior. Com isso, a margem bruta atingiu 29,2%, alta de 16,0 p.p. comparado com o 1T22.

As despesas com vendas, gerais e administrativas recorrentes totalizaram R$ 54,1 milhões no 2T22, aumento de R$ 25,9 milhões na comparação com o 2T21, mas uma queda de R$ 15 milhões na comparação trimestral, demonstrando um ponto de inflexão a partir do 4T21. A queda trimestral é reflexo de ações do Projeto de Equilíbrio, como revisão da estrutura de despesas, em função da adequação de capacidade operacional e pela priorização de projetos.

O resultado financeiro foi de R$ 20,3 milhões (vs -R$ 4,8 milhões no 2T21), aumento de R$ 25,0 milhões no ano, enquanto no acumulado ano o resultado financeiro foi de R$ 30,6 milhões ante -R$ 5,1 milhões no mesmo período do ano anterior. As variações tanto na visão trimestral, quanto na visão acumulada são decorrentes principalmente do maior volume de recursos aplicados, advindos do IPO, somados a maior taxa média do CDI nos períodos.

O ARR de venda nova no 2T22 foi de R$ 45 milhões, aumento de 40,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. No semestre, o total de ARR foi R$ 72,5 milhões, crescimento de R$ 2,7 milhões comparado ao mesmo período de 2021.

No 2T22, a quantidade de clientes totais chegou a 6.471, incremento de 1.693 clientes, ou crescimento de 35,4% quando comparado ao mesmo período de 2021. Tal desempenho reflete a estratégia de vendas e reforço do time comercial.

As contas de Empréstimos e Financiamentos e Passivo de Arrendamentos de curto e longo prazo encerraram em 30 de junho de 2022 no valor total de R$ 81,4 milhões, com prazo de amortização.

Os resultados da ClearSale (BOV:CLSA3) referentes suas operações do segundo trimestre de 2022 foram divulgados no dia 16/08/2022. Confira o Press Release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Infomoney, Estadão

Deixe um comentário