Coinbase reportou um prejuízo líquido de US$ 1,1 bilhão de dólares no 2T22 e perda estimativas de receita

LinkedIn

As ações da Coinbase Global Inc (NASDAQ:COIN) caíram nas negociações estendidas de terça-feira (09), depois que a exchange de criptomoedas informou uma perda de mais de US$ 1 bilhão no segundo trimestre e perdeu as estimativas de receita dos analistas.

A Coinbase também é negociada na B3 através do ticker (BOV:C2OI34).

Resultados:

  • EPS: Prejuízo de US$ 4,98 por ação, versus estimativa de prejuízo de US$ 2,65 por ação, conforme esperado pelos analistas, de acordo com a Refinitiv.
  • Receita: US$ 808,3 milhões, contra US$ 832,2 milhões, conforme esperado pelos analistas, de acordo com a Refinitiv.

A receita da Coinbase caiu quase 64% quando os investidores saíram do mercado de criptomoedas após a corrida dramática do ano passado. A receita de transações de varejo chegou a US$ 616,2 milhões, queda de 66% e abaixo do consenso de US$ 667,1 milhões entre os analistas consultados pela StreetAccount.

A Coinbase reportou um prejuízo líquido de US$ 1,1 bilhão, em comparação com US$ 1,59 bilhão em lucro líquido no mesmo trimestre do ano passado, de acordo com uma carta aos acionistas. Um fator foi uma taxa de desvalorização não monetária relacionada a criptomoedas de US$ 377 milhões. Os próprios ativos de criptomoedas da Coinbase no final de junho valiam US$ 428 milhões, abaixo dos cerca de US$ 1 bilhão no final de março.

“O segundo trimestre foi um teste de durabilidade para empresas de criptomoedas e um trimestre complexo em geral”, disse a empresa na carta. “Os movimentos dramáticos do mercado mudaram o comportamento do usuário e o volume de negócios, o que impactou a receita das transações, mas também destacou a força do nosso programa de gerenciamento de risco.”

A empresa disse que teve 9 milhões de usuários de transações mensais durante o período, abaixo dos 9,2 milhões no primeiro trimestre, mas acima do consenso de 8,7 milhões da StreetAccount. O crédito macroeconômico e de criptomoeda resultou em menor volume de negócios durante o trimestre, disse a empresa.

Foi um trimestre desafiador para a Coinbase do ponto de vista operacional.

As controvérsias sobre criptomoedas ajudaram a derrubar os preços no que alguns chamaram de “inverno cripto”. As ações da Coinbase caíram 75% durante o segundo trimestre, enquanto o preço do Bitcoin (BINA:BTCUSDT) caiu cerca de 59%. A Coinbase disse que está estendendo seu congelamento de contratações no futuro próximo e cortando 18% do quadro de funcionários. O Bitcoin representou 31% da receita de transações no trimestre, o nível mais alto desde o primeiro trimestre de 2021, enquanto 22% da receita de transações foi associada ao Ethereum.

Os ativos na plataforma caíram trimestre a trimestre para US$ 96 bilhões, de US$ 256 bilhões, principalmente devido à pressão sobre os preços das criptomoedas, disse a Coinbase.

“Embora tenhamos visto saídas líquidas no segundo trimestre, observamos que a maioria desse comportamento era de clientes institucionais que arriscavam e vendiam criptomoedas por fiat, em vez de retirar suas criptomoedas para outra plataforma”, disse a Coinbase na carta aos acionistas. “Como resultado, nossa participação de mercado da capitalização de mercado total de criptomoedas caiu para 9,9%, de 11,2% no primeiro trimestre.”

A Coinbase atualizou suas perspectivas para o ano inteiro. Agora, espera 7 milhões a 9 milhões de usuários de transações mensais, abaixo de um intervalo de 5 milhões a 15 milhões há três meses. A administração disse que espera uma receita média de transações por usuário na faixa de US$ 20, em vez dos níveis anteriores a 2021.

Para reduzir os gastos com marketing, a empresa está fazendo menos com mídia paga e incentivos, enquanto busca maneiras de atrair tráfego não pago. E reduziu sua previsão para tecnologia, desenvolvimento e despesas gerais e administrativas para US$ 4,0 bilhões a US$ 4,25 bilhões, da faixa de US$ 4,25 bilhões a US$ 5,25 bilhões um trimestre atrás. Isso inclui otimizar os gastos com infraestrutura.

As ações COIN caíram quase 11% no pregão regular de terça-feira, enquanto as ações C2OI34 caíram -11,45%, com um preço de fechamento de R$ 17,71 reais.

Os executivos discutirão os resultados em uma teleconferência a partir das 18h30 (horário de Brasília).

Com informações de CNBC

Deixe um comentário