Dólar fecha com queda, influenciado por entradas de recursos pela perspectiva de parada na alta dos juros

LinkedIn

O dólar voltou a cair frente ao real nesta sexta-feira, apoiado pelo fluxo positivo de capital estrangeiro, ainda na esteira da decisão do Copom de quarta-feira à noite, que sinalizou o fim do ciclo de alta da Selic, estimulando investidores a retomarem o apetite por risco na bolsa brasileira.

Pela manhã, a moeda chegou a ensaiar alta, em linha com o movimento no exterior, onde o dólar ganhou força frente aos pares após o dado de emprego nos EUA em julho superar as expectativas, indicando que a economia americana permanece aquecida e que há espaço para o Fed manter um ritmo mais agressivo de aperto monetário para conter o avanço da inflação.

O dólar à vista fechou em baixa de 1,03%, a R$ 5,1668, após oscilar entre R$ 5,1653 e R$ 5,2767. Na semana, a moeda recuou 0,15%. Às 17h10, o dólar futuro para setembro caía 0,85%, para R$ 5,2065.

Lá fora, o índice DXY avançava 0,86%, para 106,598 pontos, enquanto o euro caía 0,68%, para US$ 1,0178, e a libra perdia 0,72%, para US$ 1,2070.

Data Compra Venda Variação Variação
01/08/2022 5,1781 5,1786 0,083% 0,0043
 2/08/2022  5,2782 5,2792 1,904% 0,1006
3/08/2022 5,2775 5,278 -0,023% -0,0012
4/08/2022 5,2199 5,2204 -1,091% -0,0576
5/08/2022 5,1663 5,1668 -1,027% -0,0536

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 5,16

🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,98

🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,82

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da BDM, UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário