Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com queda de 2,04%% e todos os destaques de hoje (19/08/2022)

LinkedIn

O Ibovespa devolveu os ganhos da semana inteira nesta ao recuar 2,04%, a 111.496 pontos. O índice de ações acompanhou o movimento de realização de lucros do exterior e a queda foi generalizada no mercado brasileiro.

Das 90 ações listadas no Ibovespa, apenas dez delas não fecharam em campo negativo nesta sexta-feira. A valorização de 1% acumulada entre segunda (15) e quinta (18) deu lugar a um saldo negativo de 1,12%. Mas, no mês, o principal índice de ações da B3 acumula alta de 9%.

Em Wall Street, declarações duras de membros do Federal Reserve (banco central dos EUA) sobre os juros somadas ao fato de as bolsas em Nova York terem subido por cinco semanas seguidas ativaram um movimento de realizações de lucros que manteve os índices no vermelho.

Em um mês, o S&P 500 registrou 10,9% de alta, enquanto o Nasdaq valorizou 13,2% e o Dow Jones subiu 8,7%. Grande parte dos ganhos foram ancorados pela perspectiva de arrefecimento da inflação e possibilidade de o Fed optar por uma elevação menor dos juros no próximo encontro.

Porém, nesta semana, autoridades do banco central norte-americano reforçaram que o aumento dos juros de forma agressiva é essencial para conter a inflação, que está acima de 8% – o maior nível em 40 anos.

O presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, disse que está inclinado a apoiar um terceiro aumento consecutivo de 0,75 ponto percentual em setembro para reduzir o avanço dos preços mais rapidamente. “Eu realmente não vejo por que estender os aumentos das taxas de juros para o próximo ano”, disse ao The Wall Street Journal.

Na próxima semana será possível ter uma ideia melhor do que os membros do banco central norte-americano pretendem em relação aos juros no simpósio de Jackson Hole – encontro anual de banqueiros centrais organizado pelo Fed de Kansas City.

Por hoje, os índices de Wall Street fecharam em baixa. O Dow Jones caiu 0,86%, a 33.706,15 pontos, o S&P 500 recuou 1,29%, a 4.228,37 pontos, e o Nasdaq teve queda de 2,01%, a 12.705,22 pontos.

Por aqui, o Ibovespa acabou contaminado pelo clima negativo de Nova York. Um único setor passou ileso pelo pessimismo, o de frigoríficos.

As ações de Minerva (BEEF3), Marfrig (MRFG3) e JBS (JBSS3) lutaram até o final para se manterem no azul. Ao fim do pregão, Minerva subiu 2,55%, JBS ganhou 0,34% e Marfrig ficou praticamente estável (+0,07%).

Já na ponta de perdas do Ibovespa, saíram na frente os papéis de turismo, com Azul (AZUL4), Gol (GOLL4) e CVC (CVCB3) caindo 7,63%, 7,30% e 5,59%, respectivamente.

Petrobras também ancorou a queda do índice, com perdas de 4,08% nas ações PETR3, a R$ 35,07, e recuo de 5,06% nos papéis PETR4, a R$ 31,73.

O dólar comercial renovou a mínima no final do pregão e fechou praticamente estável, com leve queda de 0,08%, a R$ 5,1680. Na semana, a alta foi de 1,85%.

➡️ Veja o fechamento desta sexta-feira:

🇧🇷 IBOV: +2,04% a 111.496 pts
🏢 IFIX: +0,11% a 2.923 pts
💵 Dólar: –0,08% a R$ 5,16
💶 Euro: –0,61% a R$ 5,18
💰 Bitcoin: –7,86% a R$ 110.438

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: –0,86% a 33.706 pts
S&P 500: –1,29% a 4.228 pts
Nasdaq: –2,01%, a 12.705 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/08/2022  – 0,91%% 102.225,08 R$ 23,4 bilhões
 02/08/2022  1,11%  103.361,70  R$ 25,2 bilhões
03/08/2022 0,40% 103.774,68 R$ 22,2 bilhões
04/08/2022  2,04%  105.892,22 R$ 34,3 bilhões
05/08/2022 0,55%  106.471,92 R$ 26,1 bilhões
08/08/2022  1,81% 108.402,27 R$ 29,8 bilhões
09/08/2022 0,23%   108.651,05 R$ 26,9 bilhões
10/08/2022  1,46% 110.235,76  R$ 28,6 bilhões
11/08/2022 – 0,47%  109.717,94 R$ 34,8 bilhões
12/08/2022 2,78% 112.764,26  R$ 35,9 bilhões
15/08/2022  0,24% 113.031,98 R$ 33,1 bilhões
16/08/2022  0,43%   113.512,38 R$ 30 bilhões
17/08/2022  0,17% 113.707,76  R$ 59,8 bilhões
18/08/2022  0,09%  113.812,87  R$ 28,8 bilhões
19/08/2022 -2,04% 111.496,21 R$ 28,2 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

BEEF3: +2,55%, a R$ 14,88
IRBR3: +1,85%, a R$ 2,20
HYPE3: +1,70%, a R$ 41,77
VBBR3: +1,69%, a R$ 18,68
COGN3: +0,39%, a R$ 2,59

  • BAIXAS IBOVESPA

LWSA3: -7,72%, a R$ 10,04
AZUL4: -7,63%, a R$ 15,99
GOLL4: -7,30%, a R$ 10,42
MRVE3: -7,28%, a R$ 9,80
MGLU3: -6,20%, a R$ 3,78

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

Americanas (AMER3)

A Americanas SA firmou uma parceria de longo prazo com o Google Cloud, com foco em coinovação. Saiba mais…

Azul (AZUL4) 

A Azul foi reconhecida pela Cirium (empresa líder em análise de dados de aviação) como a companhia aérea mais pontual do mundo no mês de julho de 2022.

BB Seguridade (BBSE3)

A BB Seguridade Participações informou a celebração de um acordo operacional entre a sua investida indireta, a Brasilcap Capitalização, e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), para a oferta e comercialização, não exclusiva, de títulos de capitalização por meio da rede de distribuição do BNB, pelo prazo de 5 anos, podendo ser renovado em comum acordo entre as partes após esse período. Saiba mais…

CCR (CCRO3)

A CCR que assinou termo aditivo e modificativo coletivo junto ao Governo de São Paulo para restabelecimento do equilíbrio financeiro devido ao congelamento de pedágios. Saiba mais…

Ecorodovias (ECOR3)

A Ecorodovias e suas controladas Ecorodovias Concessões e Serviços, Ecovias dos Imigrantes e Ecopistas, assinaram Termo Aditivo Modificativo (TAM) coletivo com o estado de São Paulo e a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) para disciplinar o reequilíbrio econômico-financeiro dos contratos de concessão, em razão da não aplicação do reajuste tarifário de 11,7% previsto para 1º julho de 2022. Saiba mais…

Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3)

Acionistas da rede de laboratórios Hermes Pardini e da Fleury aprovaram na véspera a combinação de negócios entre as companhias. Saiba mais…

IMC (MEAL3)

A International Meal Company Alimentação (IMC) informou ontem que o Tribunal Arbitral emitiu ordem processual acolhendo pedido para nova suspensão do procedimento arbitral requerido pela KFC em face da Meal. A decisão ocorre no âmbito de divergências sobre o contrato de master franquia firmado pelas partes. Saiba mais…

Omega Energia (MEGA3)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a formação de uma holding entre a Omega Energia e um fundo de investimentos da Apolo Asset para investimento em Geração Distribuída (GD) de energia elétrica. O aval foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 19. Saiba mais…

Petrobras (PETR3/PETR4)

A Petrobras concluiu a compra da participação da Edison S.p.A. (50%) na sociedade Ibiritermo e efetuada a transferência da Usina Termelétrica Ibirité (UTE Ibirité) para a Petrobras. Saiba mais…

A Petrobras informa que a Diretoria Executiva da empresa aprovou, em 18 de agosto, a 1ª emissão de notas comerciais escriturais no valor de até R$ 3 bilhões. Os recursos captados serão utilizados para reforço de caixa para utilização no curso ordinário dos negócios da estatal. Saiba mais…

A Petrobras promove nesta sexta-feira, a partir das 13 horas (de Brasília), Assembleia Geral Extraordinária de acionistas (AGE) para eleger oito conselheiros para o órgão de 11 cadeiras, e escolher um novo “chairman”, o presidente do Conselho. Desses oito nomes, a tendência é que seis venham da União e outros dois dos acionistas minoritários. Saiba mais…

A União fez valer o controle acionário na Petrobras e elegeu seis indicados ao Conselho de Administração da companhia nesta sexta-feira, 19, durante assembleia de acionistas, inclusive os rejeitados pelos órgãos de governança da companhia, o que deve gerar ações na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e na Justiça. Saiba mais…

Os indicados pelos acionistas minoritários Marcelo Gasparino e Juca Abdalla já estão eleitos para o Conselho de Administração da Petrobras, informou o presidente da Assembleia Geral Extraordinário (AGE) da estatal, Bernardo Costa e Silva. Saiba mais…

Ser Educacional (SEER3)

A Ser Educacional aprovou emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, no valor de R$ 200 milhões. Saiba mais…

Sulamerica (SULA11)

A assembleia de debenturistas da Sulamérica aprovou a incorporação da companhia pela Rede D’Or.

Vibra (VBBR3)

A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição pela Vibra Energia de 50% das ações da ZEG Biogás e Energia. A informação é do Valor.

(Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário