Melnick (MELK3): lucro líquido de R$ 29,7 milhões no 2T22, alta de 141%

LinkedIn

A Melnick Desenvolvimento Imobiliário, construtora e incorporadora focada na região Sul, reportou lucro líquido de R$ 29,7 milhões no segundo trimestre, alta de 141% ante o mesmo período de 2021.

A receita líquida somou R$ 305 milhões no segundo trimestre deste ano, crescimento de 66% na comparação com igual etapa de 2021.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 22,7 milhões no mesmo período, aumento de 96% na mesma base de comparação. A margem Ebitda ficou em 8,51%, queda de 1,2 ponto percentual em relação ao segundo trimestre do ano passado.

O lucro bruto foi de R$ 64 milhões no 2º trimestre de 2022. A margem bruta foi de 22,3%, expurgando os efeitos dos encargos financeiros apropriados ao custo. Importante destacar que a redução de margem bruta do trimestre deve-se, principalmente, ao evento do Melnick Day, aonde concedemos um maior nível de desconto para comercialização do estoque já concluído.

O retorno sobre patrimônio líquido (ROAE, na sigla em inglês) atingiu 8,51% no 2T22, alta de 2,8 p.p. frente ao 2T21.

O resultado financeiro líquido foi positivo em R$ 20,1 milhões no segundo trimestre de 2022, ante R$ 2,8 milhões positivos da mesma etapa de 2021.

No segundo trimestre de 2022. a companhia lançou dois empreendimentos no montante de R$ 213 milhões de VGV bruto (R$ 112,3 milhões no % Melnick), totalizando no ano R$ 791,5 milhões de VGV bruto (R$ 379,7 milhões no % Melnick).

O land bank encerrou com R$ 4,1 bilhões em VGV potencial (% Melnick), sendo R$ 1,2 bilhões de projetos já aprovados correspondentes a 29% do land bank.

Houve consumo de caixa de R$ 26,9 milhões no segundo trimestre, ante consumo de R$ 22,9 milhões no mesmo período do ano passado. “Está na linha do planejamento estratégico de comprar mais terrenos com dinheiro para ter maior participação de valor geral de venda (VGV) do que lançamos”, diz Wollenweber.

As vendas líquidas totalizaram R$ 286 milhões no 2T22 e R$ 373 milhões no Semestre, um crescimento de 148% e 66% respectivamente, em relação ao mesmo período de 2021. A VSO de lançamentos do 2T22 foi de 40% e a VSO consolidada 21%.

O volume de estoque total foi de 13%, encerrando o 2T22 com R$ 1,1 Bilhão de VGV em estoque, sendo 76% a parcela em construção. Do estoque concluído, que representa R$ 267 milhões, R$ 77 milhões, ou 29%, estão alugados. Nosso modelo de locação permite ao cliente converter as parcelas de aluguem pagas em desconto para aquisição do imóvel, durante os primeiros 18 meses do contrato. Na média, metade dos nossos clientes convertem suas locações em compra efetiva do imóvel.

A queima operacional de caixa do 2º trimestre de 2022 foi de R$ 26,9 milhões. O cash burn do segundo trimestre de 2022 foi principalmente advindo pagamentos de terreno em caixa adquiridos em períodos anteriores.

Em 30 de junho de 2022, o caixa líquido da companhia era de R$ 299,1 milhões, um recuo de 48,9% na comparação com a mesma etapa de 2021.

Os resultados da Melnick Even (BOV:MELK3) referente suas operações do segundo trimestre de 2022 foram divulgados no dia 18/08/2022. Confira o Press Release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão

Deixe um comentário