ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Nu Holdings divulga resultados financeiros do segundo trimestre de 2022

LinkedIn

Nu Holdings Ltd. (NYSE:NU), uma das maiores plataformas de banco digital do mundo, divulgou na terça-feira (16) os resultados financeiros do segundo trimestre de 2022. Os resultados financeiros são expressos em dólares norte-americanos e apresentados de acordo com as Normas Internacionais de Relatório Financeiro (IFRS).

A Nu Holdings também é negociada na B3 através da BDR (BOV:NUBR33).

“Tivemos mais um trimestre muito forte, com crescimento e rentabilidade em nosso core business. Registramos receitas recordes e estamos avançando a passos largos para nos tornarmos uma plataforma multiprodutos e multipaíses. Nossa maior operação – o Brasil – agora é lucrativa, tendo registrado um lucro líquido de US$ 13 milhões no primeiro semestre de 2022, impulsionado pelo crescimento de clientes para 65 milhões e capacidade de oferta e venda cruzada de novos produtos. Somos o quarto maior player de cartões no Brasil, quase um quarto de todas as operações de PIX passaram pelas contas da Nu, e somos líderes no espaço de investimento direto digital com 5 milhões de clientes ativos. Estamos diversificando e escalando com Cripto, Seguros, PMEs e Empréstimos Pessoais. Movendo-se internacionalmente, agora somos o emissor nº 1 de novos cartões de crédito no México e na Colômbia – onde acabamos de receber uma aprovação de licença para continuar nossa expansão”, 
disse David Velez, fundador e CEO.

Resumo dos resultados do segundo trimestre de 2222

Abaixo estão os destaques de desempenho do segundo trimestre de 22 da Nu Holdings Ltd.:

Destaques Operacionais:

Crescimento de clientes: Nu adicionou 5,7 milhões de clientes no trimestre atingindo um total de 65,3 milhões de clientes no Brasil, México e Colômbia. Isso representa um crescimento de 57% ano a ano (YoY), reforçando o posicionamento do Nu como uma das maiores plataformas bancárias digitais do mundo.
Taxas de engajamento e atividade: a receita média por cliente ativo (ARPAC) expandiu para US$ 7,8, crescendo 105% em uma base cambial neutra (FXN) 1 . A taxa de atividade atingiu um novo recorde histórico, crescendo para 80%. O Nu se tornou o banco principal para mais de 55% dos clientes ativos mensais que estão com o Nu há mais de um ano.
Plataforma operacional de baixo custo: o custo médio mensal de atendimento por cliente ativo atingiu US$ 0,8, permanecendo estável em relação ao ano anterior e FXN.
Qualidade dos ativos: os indicadores principais permaneceram estáveis ​​e a qualidade dos ativos seguiu sua normalização após a pandemia: o NPL 15-90 da Nu permaneceu estável em 3,7%, enquanto 90+ atingiu 4,1% em linha com as expectativas.

Destaques Financeiros:

Receita: a receita total do segundo trimestre de 22 atingiu um novo recorde de US$ 1,2 bilhão, aumentando 230% A/A em FXN, já que a Nu continua efetivamente fazendo upselling e cross-selling em seu portfólio em expansão de produtos financeiros.
Lucro Bruto: totalizou US$ 363,5 milhões no 2T22, aumentando 109% A/A FXN. A margem de lucro bruto foi de 31% no 2T22.
Lucro Líquido Ajustado : Nu reportou Lucro Líquido Ajustado de US$ 17 milhões no 2T22.
Capital: Em 30 de junho de 2022, a Nu continuou a mostrar uma forte posição de capital, com o capital ajustado da NuFin atingindo US$ 3,9 bilhões , dos quais 79% eram caixa e equivalentes de caixa.
Liquidez: Nu reportou uma carteira com juros de US$ 3,2 bilhões, enquanto o total de depósitos atingiu mais de quatro vezes esse valor em US$ 13,3 bilhões.

Destaques de negócios

Crescimento da Base de Clientes: Os clientes brasileiros aumentaram 51% A/A para 62,3 milhões, representando agora 36% da população adulta do país, com nossa base de clientes de PMEs crescendo 150% A/A, crescendo para 2,0 milhões. Isso provavelmente posiciona o Nu como a quinta maior instituição financeira do Brasil em número de clientes. O volume de compras atingiu US$ 20 bilhões no segundo trimestre de 22, expandindo 94% A/A FXN, colocando a Nu como o 4º player Brasil neste trimestre (em termos de volume de compras).
Plataforma Multiprodutos: no trimestre, os principais produtos – Cartões de Crédito, NuConta e Empréstimos Pessoais – atingiram 29 milhões, 45 milhões e 4 milhões de clientes ativos, respectivamente. O seguro, lançado no ano passado, atingiu mais de 700.000 clientes ativos, o NuInvest atingiu mais de 5 milhões de clientes ativos e o NuCripto atingiu 1 milhão de clientes em julho de 2022, apenas 3 semanas após o lançamento.
Lucratividade no Brasil: O NuBrazil, principal mercado da Companhia, obteve lucro líquido contábil no primeiro semestre de 22 de US$ 13,0 milhões, um marco importante. A lucratividade em nossos principais produtos – Cartões de Crédito, Empréstimos Pessoais e NuConta – nos permitiu reinvestir esses ganhos na penetração em verticais adjacentes no Brasil, ao mesmo tempo em que apoiamos nossa expansão no México e na Colômbia.
Expansão Internacional: No México, nosso segundo maior mercado, a base de clientes da Nu aumentou mais de 6x A/A para 2,7 milhões. Na Colômbia, alcançamos 314 mil clientes. Em ambos os mercados, acreditamos estar na posição de #1 emissor de novos cartões de crédito no país e juntos esses dois países adicionaram 700.000 clientes únicos, mantendo um NPS em torno de 90 em ambos os mercados.

Notas de rodapé

1 As medidas neutras cambiais foram calculadas para apresentar o que tais medidas em períodos/anos anteriores teriam sido se as taxas de câmbio tivessem permanecido estáveis ​​desses períodos/anos anteriores até a data das informações financeiras mais recentes da Companhia.

2 A taxa de atividade é definida como clientes ativos mensais divididos pelo número total de clientes em uma data específica.

3 Lucro (Prejuízo) Líquido Ajustado é uma medida não IFRS calculada usando o Lucro Líquido ajustado para despesas relacionadas à nossa remuneração baseada em ações, bem como os efeitos fiscais aplicáveis ​​a esses itens. Para obter mais informações, consulte a seção “Medidas Financeiras Não-IFRS – Reconciliação do Lucro Líquido Ajustado” de nossas demonstrações financeiras.

CONFERÊNCIA

Nu realizará uma Teleconferência de Resultados na terça-feira (16) às 18h00 (horário do leste) ou 19h00 (horário de Brasília) com tradução simultânea em português e inglês.

 

Deixe um comentário