Cade proíbe Ambev de fechar contratos de exclusividade de venda de cerveja com bares até o fim da Copa do Mundo

LinkedIn

A Ambev não poderá fechar novos contratos de exclusividade para venda de cerveja em bares, restaurantes e casas de show até o fim da Copa do Mundo, conforme decisão liminar do Cade.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ABEV3) nesta quinta-feira (22).

A empresa ainda precisará ajustar seus contratos atuais com pontos de venda até o limite de 20%, consideradas as bases territoriais. A Ambev pode recorrer da decisão no próprio Cade, informa o Valor.

A decisão foi dada em caso aberto a pedido da Heineken para analisar se há problemas concorrenciais nos contratos de exclusividade mantidos pela Ambev.

A Heineken também é atingida pela liminar e fica impedida de ultrapassar o limite de 20% nesse período, mas pode fechar novos contratos nos locais onde tiver participação inferior.

Informações BDM

Deixe um comentário