ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

Google desenvolve projeto secreto de telecomunicações chamado Aalyria

LinkedIn

Dentro do Google (NASDAQ:GOOGL), uma equipe de técnicos vem trabalhando nos bastidores em software para redes de comunicação de alta velocidade que se estendem da terra ao espaço.

Com codinome “Minkowski” no Google, o projeto secreto está sendo revelado ao público na segunda-feira (12) como um novo spinout chamado Aalyria.

Embora o Google tenha se recusado a oferecer detalhes sobre a Aalyria, como há quanto tempo está trabalhando na tecnologia e quantos funcionários estão ingressando na startup, a Aalyria disse em um comunicado à imprensa que sua missão é gerenciar redes de comunicações complexas que abrangem terra, mar, ar, espaço próximo e espaço profundo”.

A empresa diz que possui uma tecnologia de comunicação a laser “em uma escala e velocidade exponencialmente maiores do que qualquer coisa que exista hoje”. A plataforma de software da Aalyria foi usada em vários projetos de rede aeroespacial para o Google.

A Alphabet, controladora do Google, também é negociada na B3 através do ticker (BOV:GOGL34).

O desdobramento ocorre quando a Alphabet avalia uma desaceleração nos gastos com anúncios e procura avançar ou encerrar projetos experimentais. Isso significa, em parte, buscar financiamento externo para alguns dos projetos que incuba há anos. Empresas como a empresa de ciências da vida Verily e a fabricante de carros autônomos Waymo levantaram dinheiro de investidores externos, enquanto a Alphabet fechou iniciativas como a Makani, que estava construindo pipas geradoras de energia, e a Loon, empresa de balões que transmitem internet.

Aalyria disse que tem um contrato comercial de US$ 8,7 milhões com a Unidade de Inovação em Defesa dos EUA. A empresa será liderada pelo CEO Chris Taylor, um especialista em segurança nacional que liderou outras empresas que trabalharam com o governo. O perfil de Taylor no LinkedIn diz que ele é o CEO de uma empresa em modo furtivo que ele fundou em novembro.

A própria Alphabet vem buscando contratos governamentais mais lucrativos e, no início deste ano, anunciou o “Google Public Sector”, uma nova subsidiária voltada para parcerias governamentais dos EUA principalmente por meio do Google Cloud.

O conselho de consultores da Aalyria inclui vários funcionários e executivos anteriores do Google, bem como Vint Cerf, o principal evangelista da Internet do Google, conhecido como um dos pais da web.

O Google manterá uma participação minoritária na Aalyria, mas se recusou a dizer quanto possui e quanto financiamento externo a empresa levantou. O Google disse que no início deste ano transferiu quase uma década de propriedade intelectual, patentes e ativos físicos, incluindo escritórios, para Aalyria.

A tecnologia laser de luz da Aalyria, que ela chama de “Tightbeam”, afirma manter os dados “intactos através da atmosfera e do clima e oferece conectividade onde não existe infraestrutura de suporte”.

“O Tightbeam melhora radicalmente as comunicações via satélite, Wi-Fi em aviões e navios e conectividade celular em todos os lugares”, disse a empresa.

Com informações de CNBC

Deixe um comentário