Preço do token LUNA da Terra triplica em poucas horas em meio a um frenesi especulativo

LinkedIn

LUNA, a criptomoeda da versão recriada do blockchain Terra depois de implodir dramaticamente no início deste ano, triplicou de preço em poucas horas na sexta-feira (09), negociando perto de seu recorde histórico no início de junho, quando o token foi introduzido.

O preço do token disparou para quase US$ 7, de menos de US$ 2, de acordo com a Binance. No momento desta publicação, 15h36 (horário de Brasília), a LUNA estava mudando de mãos por cerca de US$ 5,20, um aumento de 172,10% nas últimas 24 horas, com um volume de negociação muito maior visto nos últimos dias.

LUNA é o token nativo da segunda versão do blockchain Terra, trazido de volta à vida após o colapso do Terra em maio, que eliminou US$ 60 bilhões em valor. A implosão levou a investigações de fraude contra a Terraform Labs, a empresa que criou o blockchain, e seu fundador Do Kwon. A antiga blockchain foi renomeada para Terra Classic e hospeda o token luna classic (LUNC) e sua stablecoin USTC.

Ativos arriscados, como criptomoedas, parecem estar se recuperando amplamente na sexta-feira em um rali de alívio, já que vários indicadores econômicos sinalizam uma desaceleração da economia global e os investidores estão avaliando a possibilidade de o Federal Reserve desacelerar os aumentos das taxas mais cedo do que o esperado ou até mesmo cortar as taxas de juros no próximo ano.

O Bitcoin ( BTC ) está liderando o rali, pois saltou para US$ 21.177 de US$ 19.000, marcando seu maior ganho diário em seis meses.

O LUNC também aumentou à medida que os traders ficaram empolgados com um novo esquema de queima que reduziria a oferta hiperinflada do token. O rali parou um pouco desde então, já que a moeda caiu 17% no dia anterior.

Os observadores do mercado de criptomoedas estão intrigados com o movimento selvagem de preços do LUNA, pois não houve nenhuma notícia ou desenvolvimento específico para a rede que pudesse gerar hype entre os comerciantes de varejo.

Os dados da plataforma de inteligência social de ativos digitais LunarCrush apontam para um frenesi especulativo no varejo, já que menções e engajamentos em plataformas de mídia social dispararam recentemente.

Até agora, a nova blockchain Terra lutou para atrair investidores para seu ecossistema. O valor total bloqueado da rede (TVL) – uma métrica importante em finanças descentralizadas ( DeFi ) que mede quanto valor um protocolo pode acumular de investidores – era de apenas US$ 51 milhões no momento da publicação, enquanto o TVL da “antiga” blockchain Terra Classic atingiu mais de US$ 20 bilhões em maio antes de seu colapso.

Com informações de CoinDesk

Deixe um comentário