Dólar fecha em alta, sustentado por alta moderada do dólar e em meio a temores de aperto monetário agressivo

LinkedIn

O dólar interrompeu o movimento de baixa desencadeado pelo rali eleitoral após o 1º turno e fechou em alta moderada frente ao real nesta quarta-feira, refletindo principalmente a forte alta da moeda no exterior.

Lá fora, o euro e a libra voltaram a cair forte, diante de dados fracos de atividade na região e das novas declarações da premiê britânica Liz Truss, que voltou a falar em corte de impostos, reforçando as preocupações com o risco fiscal no Reino Unido.

Nos EUA, em contrapartida, dados de atividade e de emprego vieram melhores que o esperado, reacendendo a avaliação de que o Fed se manterá firme em sua política monetária restritiva. Por aqui, o foco esteve sobre as alianças políticas de Lula e Bolsonaro para o segundo turno, com destaque para o apoio de Simone Tebet ao petista.

O dólar à vista fechou em alta de 0,31%, a R$ 5,1840, depois de oscilar entre R$ 5,1620 e R$ 5,2440. Às 17h20, o dólar futuro para novembro subia 0,13%, a R$ 5,2140. Lá fora, o índice DXY avançava 0,98%, para 111,147 pontos. O euro caia 0,98%, a US$ 0,9887. E a libra perdia 1,29%, a US$ 1,1326.

Data Compra Venda Variação Variação
03/10/2022 5,1732 5,1737 -4,095% -0,2209
04/10/2022 5,167 5,168 -0,11% -0,0057
05/10/2022 5,183 5,184 0,31% 0,016

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 5,18

🇪🇺 – US$ 1 = €$ 1,01

🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,88

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da BDM, UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário