IRB-Brasil informa que Itaú Corretora passará a ser responsável pela escrituração de suas ações

LinkedIn

O IRB-Brasil Resseguros informou que a partir de 10 de outubro de 2022 a Itaú Corretora de Valores passará a ser a instituição financeira responsável pela escrituração de suas ações em substituição ao Banco do Brasil.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:IRBR3) nesta terça-feira (04).

Desta forma, a partir da referida data, o atendimento aos titulares das ações em ambiente de escrituração será realizado pela rede de agências do Itaú, presente em todo o território nacional.

Os acionistas com ações em ambiente de bolsa continuarão a ser atendidos normalmente pelas suas respectivas corretoras de títulos e valores mobiliários e/ou agentes de custódia, não havendo interrupção da negociação das ações da companhia.

Devido ao processo de migração, haverá a suspensão no atendimento aos acionistas no período de 04 de outubro a 7 de outubro de 2022 em alguns procedimentos, tais como, entre outros:

-consultas de posição;

-transferência de ações fora de ambiente de bolsa;

-transferência de custódia;

-pagamentos de eventos pendentes;

-atualização cadastral;

-registro de gravames.

Com relação às ordens de transferência de ações (movimentação de custódia), cujo bloqueio tenha sido efetuado pelo Banco do Brasil, sem que o respectivo depósito tenha ocorrido, o referido banco repassará os bloqueios para o Itaú e esses permanecerão válidos até a respectiva data de vencimento.

O IRB explicou ainda que a mudança da instituição financeira responsável pela escrituração não implicará em qualquer alteração dos direitos conferidos às ações de emissão da companhia. Eventuais pagamentos serão realizados na mesma conta corrente previamente indicada por cada acionista.

Informações FinanceNews

Deixe um comentário