Meta Platforms pode começar demissões em larga escala esta semana, diz relatório

LinkedIn

A Meta Platforms (NASDAQ:META) pode começar demissões em larga escala já na quarta-feira, de acordo com um relatório do Wall Street Journal.

A Meta Platforms Inc também é negociada na B3 através do ticker (BOV:M1TA34).

Espera-se que as demissões afetem milhares de funcionários, segundo o relatório, e a medida marcaria a primeira grande redução de pessoal na história da Meta. No final de setembro, a empresa informou que tinha mais de 87.000 funcionários.

Um porta-voz da Meta se recusou a comentar e encaminhou à CNBC os comentários de Zuckerberg sobre a última teleconferência de resultados da empresa no mês passado.

“Em 2023, vamos concentrar nossos investimentos em um pequeno número de áreas de crescimento de alta prioridade”, disse Zuckerberg na época. “Isso significa que algumas equipes crescerão significativamente, mas a maioria das outras equipes permanecerá estável ou encolherá no próximo ano. No total, esperamos terminar 2023 com aproximadamente o mesmo tamanho ou até mesmo uma organização um pouco menor do que somos hoje.”

As ações da Meta despencaram 73% este ano, caindo para o menor nível desde o início de 2016, e a gigante das mídias sociais agora tem o pior desempenho no S&P 500 em 2022.

Com informações de CNBC

Deixe um comentário