ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com queda de 1,85% e todos os destaques de hoje (22/02/2023)

LinkedIn

O Ibovespa fechou em queda de 1,85% a 107.152,05 pontos, totalizando um volume financeiro de R$ 17 bilhões. Iniciando a curta semana de negociações na quarta-feira de cinzas, o mercado teve um dia de baixa liquidez, própria do retorno do feriado, somado ao aumento da perspectiva para a inflação em 2023 e 2024 anunciado pelo boletim Focus nesta tarde.

O boletim Focus divulgado hoje, postergado nesta semana devido ao feriado de Carnaval, trouxe uma perspectiva ainda maior na inflação para este ano e o próximo. A projeção para o IPCA, termômetro da inflação, subiu de 5,79% para 5,89%, ante os 5,48% do mês passado, colaborando com o aumento na curva de juros.

Essa foi a décima elevação consecutiva dos prognósticos de inflação do Brasil para este ano, que veio após recentes pressões do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e aliados por um aumento da meta oficial de inflação a ser perseguida pelo Banco Central. O centro da meta oficial para a inflação em 2023 é de 3,25% e, para 2024, é de 3%, sempre com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

No pregão de hoje, os destaques de perda refletem os últimos problemas envolvendo a agropecuária no país. Ricardo Brasil, fundador da Gava Investimentos, explica: “As ações de frigoríficos caem por conta do temor com a gripe aviária e possibilidade de casos de vaca louca no Pará. Com isso, pode ser que o governo suspenda as exportações de carne bovina para a China. Isso abalou bastante o setor de frigorífico e, principalmente, empresas como Minerva e Brasil Foods, as duas maiores quedas de hoje no Ibovespa.”

Nos Estados Unidos, uma sólida maioria das autoridades do Federal Reserve (Fed) concordou em sua última reunião de política monetária em diminuir o ritmo de aumentos na taxa básica de juros para 0,25 ponto percentual, mas frisando que os riscos de uma inflação elevada continuam sendo um “fator-chave” que molda a política monetária e justifica incrementos contínuos na taxa de referência até que as pressões de preços sejam controladas.

Ricardo Brasil diz: “A ata reforçou a preocupação com a inflação e mercado de trabalho aquecido. Eles também afirmaram que a decisão de subir os juros em 0,25 p.p não foi unânime e muitos membros optaram por subir em 0,5%, o que deixa o mercado ainda mais preocupado. Com isso, podemos chegar a taxa de 6% mais rápido do que prevíamos”. Os mercados ficaram mais nervosos e Dow Jones e S&P500 tiveram um dia de queda.

Na Europa, os mercados caíram com fortes dados econômicos gerando temores de que os juros possam permanecer altos por mais tempo, enquanto investidores estavam a postos para a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve. Ainda assim, as ações europeias saltaram até agora em 2023 devido às expectativas de que a economia da zona do euro evite por pouco uma recessão e um impulso da reabertura econômica da China.

Na Ásia, as ações da China e de Hong Kong fecharam em baixa com as tensões geopolíticas antes do primeiro aniversário da invasão da Ucrânia pela Rússia e as vendas de Wall Street arrastando os mercados durante a noite. Os mercados asiáticos de forma ampla seguiram no vermelho, uma vez que a força de pesquisas globais de serviços alimentou temores de que os bancos centrais terão que aumentar ainda mais os juros.

➡️ Veja o fechamento desta quarta-feira:

🇧🇷 IBOV: -1,85% a 107.152,05 pts
🏢 IFIX: -0,02% a 2.797 pts
💵 Dólar: +0,14%, a R$ 5,169
💶 Euro: -0,74% a R$ 5,480
💰Bitcoin: -3,14% a 123.855 pts

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: -0,25% a 33.046,33 pts

S&P500: -0,15% a 3.991,28 pts

Nasdaq: +0,13% a 11.507,07 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/02/2023 -1,20% 112.073,55 R$ 32,4 bilhões
02/02/2023 -1,72%  110.140,64  R$ 30,2 bilhões
03/02/2023 -1,47%  108.523,47 R$ 24,8 bilhões
06/02/2023  0,18%  108.721,58  R$ 21,4 bilhões
07/02/2023 -0,82% 107.829,73 R$ 22,4 bilhões
08/02/2023 1,97% 109.951,49 R$ 28,8 bilhões
09/02/2023  -1,77%   108.008,05  R$ 23,8 bilhões
10/02/2023  0,07% 108.078,27 R$ 25,1 bilhões
13/02/2023  0,70% 108.836,47 R$ 24,1 bilhões
14/02/2023 -0,91% 107.848,81  R$ 23,9 bilhões
15/02/2023 1,62%  109.600,14  R$ 46,8 bilhões
16/02/2023  0,31% 109.941,46  R$ 24,8 bilhões
17/02/2023 -0,70% 109.176,92 R$ 21,0 bilhões
22/02/2023 -1,85% 107.152,05 R$ 17,0 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

UGPA3: +4.29% a R$ 13.38
PETZ3: +2.71% a R$ 6.83
TIMS3: +1.89% a R$ 12.43
RAIZ4: +1.65% a R$ 3.080
CYRE3: +1.16% a R$ 14.85

  • BAIXAS IBOVESPA

VIIA3: −8.41% a R$ 2.07
BEEF3: −7.47% a R$ 11.40
BRFS3: −6.71% a R$ 6.40
LWSA3: −6.51% a R$ 5.17
AZUL4: −5.65% a R$ 7.35

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Americanas (AMER3)

    A Americanas afirmou ter registrado queda de tráfego de internet nos seus canais. A companhia confirmou que perdeu 33% de usuários mensais ativos em janeiro, mês em que anunciou um rombo bilionário em suas contas e entrou em recuperação judicial com dívidas que superam R$ 40 bilhões. Saiba mais…

    A Americanas, uma das gigantes do comércio eletrônico, já vinha devolvendo espaços de armazenagem antes do pedido de recuperação judicial em janeiro. E essa prática continuou no início deste ano. A empresa fechou um centro de distribuição em Fortaleza (CE). Agora, a operação no Ceará terá como base o centro de distribuição em Recife (PE). Saiba mais…

    Na pressa em apresentar o seu pedido de recuperação judicial, a fim de escapar do bloqueio de recursos por parte dos bancos credores, a Americanas incluiu apenas uma parte dos seus débitos trabalhistas. No pedido, constam R$ 119,6 milhões a serem pagos à classe 1. Saiba mais…

    Banco de Brasília (BSLI3/BSLI4) 

    O Banco de Brasília – BRB acaba de lançar o BRB Venture Capital, fundo de investimento em participações, voltado para impulsionar startups em estágio inicial, com aporte de R$ 50 milhões. A informação é de O Globo. Saiba mais…

    BR Properties (BRPR3) 

    Os acionistas da BR Properties aprovaram a saída voluntária da empresa do segmento Novo Mercado, da B3. Saiba mais…

    Cemig (CMIG3/CMIG4)

    A Cemig manifestou interesse em prorrogar por mais 30 anos a concessão para operar a usina hidrelétrica (UHE) Sá Carvalho. Saiba mais…

    Cogna (COGN3)

    A Cogna e a Tim acordaram mutuamente em distratar o acordo de parceria firmado em 07 de julho de 2021.

    Enauta (ENAT3)

    A Enauta divulgou que o sistema de resfriamento de água do FPSO Petrojarl I entrou em manutenção preventiva e que os trabalhos devem perdurar até o início da próxima semana. Saiba mais…

    Gol (GOLL4)

    A Gol informou que a Abra Group, nova holding criada para controlar as operações da Gol e do Avianca Group International, executou o primeiro aditivo ao support agreement que contempla mudanças em certas cláusulas previamente acordadas com membros de grupo ad-hoc titulares de bonds garantidos e não garantidos da Gol.Saiba mais…

    Oi (OIBR3) 

    As ofertas de vendas das estações rádio-base (ERBs) que pertenciam à Oi e foram transferidas para TIM, Vivo e Claro têm uma grande chance de serem encerradas sem que haja compradores. Saiba mais…

    Petrobras (PETR3/PETR4)

    A Petrobras informou que seu presidente Jean Paul Terra Prates indicou dois novos membros para a composição da Diretoria Executiva. Saiba mais…

    A Petrobras informou que as inspeções nas faixas de dutos na região de São Sebastião (SP) são realizadas continuamente pela Transpetro, subsidiária da estatal, para garantia da integridade e segurança dos equipamentos. Segundo a companhia, não foram identificados danos aos dutos. Saiba mais…

    Santander (SANB11)

    A Apê11, imobiliária digital do Santander, está com a rota traçada para ampliar os seus negócios neste ano, apesar dos juros altos tornarem a comercialização de imóveis mais difícil. Saiba mais…

    Telefônica Brasil (VIVT3/VIVT4)

    A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deve decidir, nos próximos dias, se uma transação bilionária envolvendo operadoras de telefonia violou regras do leilão da tecnologia 5G. Saiba mais…

    TIM (TIMS3)

    O Grupo TIM (antiga Telecom Italia e controlador da TIM Brasil) recebeu uma carta do fundo norte-americano KKR comunicando que vai prorrogar, por um mês, o prazo para uma potencial oferta de aquisição de ativos. Saiba mais…

    (Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente