ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Coluna do TradingView: Dólar forte, commodities fortes

LinkedIn

Em semana mais curta, Petrobras segura o Ibovespa com notícia de corte na oferta de petróleo por parte da OPEP+ e Russia. Enquanto isso bolsas no estrangeiro operam marginalmente no negativo de olho em dados de PMI e falas de fedboys na semana.

Eduardo Oliver

O contrato futuro de café na ICEUS segue em tendência de baixa desde o inicio do mês de junho. Apesar da situação atual da safra que vem enfrentando grandes volumes de chuvas nas regiões produtoras restringindo o ritmo das atividades, tendo em vista que essas precipitações podem afetar a qualidade dos grãos puxando os preços em Nova York e Londres.

A tendência é que haja uma redução nos volumes das chuvas nas regiões produtoras ocasionadas pelo efeito El Niño, ao qual deve impulsionar os preços para uma nova continuidade no movimento de baixa que se analisarmos graficamente, vamos observar no gráfico diário que houve um rompimento de um suporte importante após anteriormente romper uma bandeira de baixa confirmando a solidez da movimentação.

Projetando os alvos de fibonacci desde o rompimento do pivô que originou o início do movimento, vamos encontrar no 3º alvo o fundo que pode ser visto como um pivô de baixa no gráfico mensal. Particularmente acredito que o preço vai buscar o 3º alvo que deixei marcado no gráfico e vai brigar nessa faixa de preço por esses suporte não ser em si uma faixa de preço, e sim uma área inteira no time mensal. Claro que o cenário econômico vai ditar a partir desses pontos descritos pela análise técnica a direção que os preços irão tomar, mas acredito que com os efeitos dos El Niño e com os demais prismas a tendência é que o mercado sinta uma pressão da oferta e então corrija ocasionando um possível movimento de alta. (Ver mais sobre Futuros).

Gabriel Fauth

Dólar volta a ganhar força frente aos demais pares de moedas fortes no mundo. O dólar dos EUA é frequentemente considerado um ativo de refúgio seguro em momentos de incerteza econômica e volatilidade. Em um ambiente de inflação elevada, os investidores podem buscar o dólar como proteção contra a desvalorização de outras moedas.

Nos Estados Unidos, recentes dados econômicos mostrando números de emprego desfavoráveis estão se revelando benéficos no combate à inflação. Em contrapartida indicadores de PMIs sinalizam uma economia que não está em desaceleração completa. No entanto, o Bloco Europeu continua a lidar com uma inflação persistente, apesar das medidas de desestímulo do Banco Central Europeu, com os preços em alta e desafios econômicos em curso. Essa divergência nas tendências econômicas destaca os desafios enfrentados por ambas as regiões e suas implicações para a estabilidade econômica global.

Isso justifica e muito a fuga das moedas fortes, Euro, Libra, Franco, Coroa e Dólar Canadense. Claramente os fundos buscaram proteção em dolar e agora vemos o preço do índice DXY ganhando os 104mil pontos. As marcas chave de preços de alta são 104,300 e 105,300 e os de baixa são 101,100 e 100. A marca dos 100 pontos é falta para um continuidade de baixa bem como 105,300 para alta. Ao que podemos ver agora, o mercado não está tranquilo. (Ver o gráfico dinâmico).

EvaldoInvest

PTNT3 sentiu região de resistência no Semanal”- começa a semana com uma boa força compradora , sentiu a região de resistência e devolveu parte da alta hoje , dia 04 de setembro de 2023. O Gráfico está no semanal , para não perder o movimento de alta o ativo não pode perder a região dos 10,90.

Pode haver outra tentativa de romper a região de resistência nos 13 reais nas próximas semanas , mas existe uma forte força vendedora nestes níveis de preço. Se romper busca nas próximas semanas o patamar de 14,70.

Um pouco da História desta empresa, há 59 anos, iniciamos nossa história e nos tornamos uma grife no setor têxtil. Somos a fábrica do cliente, a mais moderna tecelagem de malharia circular das Américas. Somos uma empresa sustentável, diversificada, ágil e moderna. A Pettenati firma um compromisso com o futuro, e em tudo o que é e faz vai sempre além; nos seus relacionamentos com seus profissionais, seus clientes, fornecedores, investidores e a comunidade. (Ver mais sobre ações).

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Eduardo OliverGabriel Fauth e  Evaldo Invest.

Deixe um comentário