ADVFN Logo

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

BB lança o programa vai identificar funcionários pretos e pardos com perfil de liderança

LinkedIn

O Banco do Brasil lança nesta quarta-feira, 29, o programa Raça é Prioridade, que vai identificar funcionários pretos e pardos com perfil de liderança. O objetivo é buscar até 150 pessoas que possam ocupar funções de gerente executivo, superintendente estadual, superintendente comercial e regional, gerente de soluções e gerente de equipe na sede.

A iniciativa é parte da agenda de diversidade do banco, liderada pela presidente, Tarciana Medeiros, primeira mulher e negra a comandar o BB (BOV:BBAS3) nos 215 anos de história do banco. A ideia é formar um banco de talentos com pessoas negras, em uma ação afirmativa para driblar barreiras e preconceitos de raça nesse tipo de seleção.

O programa funcionará de forma similar a outras iniciativas de identificação de talentos da instituição, com a avaliação de entrega de resultado e de comportamentos que estejam alinhados à estratégia corporativa. As regras foram divulgadas internamente hoje.

“Sinto um imenso orgulho de poder dizer que o Banco do Brasil está de fato comprometido em ser mais plural, mais consciente de sua força negra e de todas as etnias e grupos”, diz Medeiros, em nota. “Desde minha posse, temos anunciado de forma recorrente ações concretas e estruturadas para promover a igualdade racial e combater o racismo”, afirma ela, que diz ainda que o banco precisa agir de maneira proativa, e não apenas de acordo com a legislação.

Ainda de acordo com a presidente do banco, o BB se alinha a um movimento amplo de conscientização da sociedade sobre o envolvimento necessário no combate ao racismo, e na promoção da igualdade racial.

A vice-presidente Corporativa da instituição, Ana Cristina Rosa Garcia, afirma que o programa foi criado a partir da escuta de grupos internos e da consulta a especialistas. “Nas nossas funções de liderança ocupadas por pessoas negras, atualmente são aproximadamente 24% e um dos nossos objetivos é evoluir de maneira mais célere nesses porcentuais”, diz.

Informações Broadcast

Deixe um comentário

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br