ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for alerts Cadastre-se para alertas em tempo real, use o simulador personalizado e observe os movimentos do mercado.

Coinbase supera expectativas no quarto trimestre e recebe atualização do JPMorgan

LinkedIn

Na noite de quinta-feira (16), a Coinbase (NASDAQ:COIN), plataforma de troca de criptomoedas, reportou resultados surpreendentemente positivos para o quarto trimestre, ultrapassando as previsões de Wall Street com grande margem, o que levou a uma valorização expressiva de suas ações no mercado estendido. Antecipando esses resultados, o JPMorgan Chase elevou a classificação das ações da Coinbase de ‘underweight’ para ‘neutral’, citando a valorização recente do bitcoin (COIN:BTCUSD), ethereum (COIN:ETHUSD) e outras criptomoedas.

A Coinbase também é negociada na B3 através da BDR (BOV:C2OI34).

No último trimestre, a Coinbase anunciou um lucro diluído de $1,04 por ação, uma reviravolta significativa comparada à perda de $2,46 por ação do ano anterior, encerrando assim uma sequência de sete trimestres de prejuízos. A receita total cresceu 51% para $953,8 milhões, marcando o segundo trimestre consecutivo de crescimento após um período de declínios.

Esse desempenho superou as expectativas da FactSet, que previa um lucro de apenas 2 centavos por ação e um aumento de 31% na receita para $826 milhões. A receita proveniente das transações de consumidores viu um salto de quase 60% para $492,5 milhões, enquanto a receita de transações institucionais cresceu impressionantes 173% para $36,7 milhões.

A Coinbase também registrou um aumento de quase 33% na receita total de assinaturas e serviços, alcançando $375,4 milhões. Para o próximo trimestre, a empresa antecipa que esta receita ficará entre $410 milhões e $480 milhões.

A atualização do JPMorgan reflete o otimismo em relação à indústria de criptomoedas, especialmente após o lançamento bem-sucedido de ETFs de bitcoin, que contribuíram para a valorização do preço do bitcoin e, consequentemente, para um cenário positivo para a Coinbase.

O preço do bitcoin continuou sua trajetória ascendente, negociando acima de $52.300 na manhã de sexta-feira, impulsionando o valor de mercado total para além da marca de $1 trilhão pela primeira vez em mais de dois anos.

A Coinbase, atuando como custodiante para vários dos novos ETFs de bitcoin à vista, viu um aumento no interesse e no investimento nesses produtos, com o iShares Bitcoin Trust da BlackRock liderando em entradas de fundos.

As ações da Coinbase experimentaram um salto de mais de 14% após a divulgação dos resultados, continuando a tendência de alta após ganhos de 3,3% durante o pregão de quinta-feira e um avanço de 14,2% na quarta-feira.

Com esses resultados encorajadores e a atualização do JPMorgan, a Coinbase está posicionada de forma promissora no mercado de criptomoedas, navegando com sucesso na volatilidade do setor e consolidando sua posição como uma plataforma de troca líder.

Deixe um comentário