ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Banco do Brasil lança Hub financeiro que prevê injetar crédito para fomento da sociobioeconomia na Amazônia

LinkedIn

O Banco do Brasil anunciou, na semana passada, no evento Impulsionando a Sociobioeconomia, promovido em parceria com o Instituto Clima e Sociedade (ICS), no Mangal das Garças, em Belém, uma série de acordos e iniciativas negociais com foco no fomento da bioeconomia, com potencial de impacto para mais de 2 milhões de pessoas. Em uma das frentes de negócios para fomentar a sociobioeconomia na Amazônia, o BB lança o Hub financeiro que prevê injetar crédito para fomento da sociobioeconomia.

O Hub Financeiro será um espaço físico localizado em Belém, que contará inicialmente com a estrutura do próprio banco e futuramente servirá como base para agentes de crédito e correspondentes bancários especializados. Este hub será implementado ainda no primeiro semestre deste ano e possuirá atendimento figital que vai centralizar todas as iniciativas relacionadas à bioeconomia, ofertar o produto financeiro adequado para os públicos de relacionamento do BB e disponibilizar assistência técnica, sempre que necessário. A expectativa é que os impactos positivos diretos e indiretos da iniciativa na economia cheguem a mais de 2 milhões de pessoas.

O Hub Financeiro vai injetar novos recursos para a região, contribuindo para geração de 11 mil empregos e preservando mais de 1 milhão de toneladas de C02, contribuindo para a manutenção da floresta em pé. Estamos falando de uma atuação relevante do BB (BOV:BBAS3), em linhas como Pronaf e com o microcrédito rural, em cadeias produtivas como as da castanha do Brasil, do Cacau, do Açaí, do Café, da Piscicultura e outras culturas regionais. Além disso, daremos ainda mais ênfase em energia Renovável, com financiamento à conectividade e no financiamento à exportação, afirma a presidenta do BB, Tarciana Medeiros, ressaltando o protagonismo do BB com boas práticas bancárias sustentáveis na Amazônia.

De acordo com o vice-presidente de Negócios de Governo e Sustentabilidade Empresarial do BB, José Ricardo Sasseron, a inciativa visa solucionar as dificuldades reportadas pelos clientes em adequar seus cadastros no sistema do BB. Além de auxiliar na obtenção de documentos diversos como, comprovantes de renda, títulos de propriedade da terra, declaração de aptidão do Pronaf, dentre outros. Outro ponto positivo é a especialização do time e a proximidade com os clientes da região amazônica.

Os atendimentos do Hub serão prestados por funcionários do Banco do Brasil, auxiliados por Correspondentes Bancários (Coban) e Agentes de Crédito Rural (ACR). As assistências técnicas serão fornecidas por empresas, novas ou existentes, cadastradas como ATNI nos sistemas do BB, como a parceira agro Conexsus, entre outras, que estavam presentes no evento.

Acordos

Além do lançamento do Hub Financeiro, o BB também anunciou acordos com MMA e com o ICS E também formalizou operação de US$ 250 milhões com o BID para aplicação em financiamentos sustentáveis na região.

Informações Agência CMA

Deixe um comentário