IRB, Unidas, AES Tietê e Taesa divulgam balanços nesta 2ª; confira expectativas

Data : 05/08/2019 @ 15:28
Fonte :ADVFN News
Ativo : Bco Brasil Sa (BBAS3)
Cotação : 49.22  0.04 (0.08%) @ 20:19
Cotação Gráfico

IRB, Unidas, AES Tietê e Taesa divulgam balanços nesta 2ª; confira expectativas




Investing.com – A temporada de balanços do segundo trimestre prossegue na terça-feira, com a divulgação de números da AES Tietê (BOV:TIET11), IRB Brasil (BOV:IRBR3), Locamerica (BOV:LCAM3) (Unidas), Taesa (BOV:TAEE11), entre outras, sendo os dados do ressegurador o de maior destaque para a jornada.

O mercado espera que o IRB apresente uma importante melhora em seu lucro líquido do trimestre, o que tem impulsionado os papéis nas últimas semanas, além das ofertas de ações realizadas desde o início do ano pela Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil (BOV:BBAS3) e União.

Na espera dos números, as ações da AES Tietê recuam 1,56% a R$ 12,59, enquanto que as do IRB Brasil sobem 0,16% a R$ 91,65 e Locamerica perde 0,56%a R$ 51,11. Já a Taesa tem perdas de 0,88% a R$ 28,05.

– AES Tietê

O consenso de mercado para a companhia é de um lucro líquido de R$ 0,05 para cada ação entre os meses de abril e junho deste ano, sendo que um ano antes o resultado havia sido de R$ 0,04. Já nos três primeiros meses de 2019, a elétrica revê resultado de R$ 0,04.

Em relação às receitas, a AES Tietê deve fechar o segundo trimestre com R$ 471,3 milhões, sendo que no mesmo período do ano passado os números foram de R$ 461,9 milhões, abaixo dos R$ 472,25 milhões esperados. Entre janeiro e março do atual calendário, as entradas foram de R$ 483,85 milhões, contra os R$ 501 milhões estimados.

O BTG Pactual trabalha com lucro líquido de R$ 99 milhões para a companhia, sendo que um ano antes foi de R$ 93 milhões. Já para as receitas, o banco estima um total de R$ 433 milhões, diante de R$ 462 milhões do mesmo período de 2018. Para o Ebitda, a expectativa é de 317 milhões e margem de 62%, contra R$ 270 milhões de um ano antes.

– IRB Brasil

O ressegurador deve fechar o segundo trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 1,21 para cada ação, contra os R$ 0,92 de um ano antes, quando eram estimados R$ 0,83. Já nos três primeiros meses deste ano, o resultado foi de R$ 1,13, frustrando os R$ 1,15 esperados pelo mercado.

No caso das receitas, a mediana das apostas dos analistas aponta para R$ 2,12 bilhões, contra os R$ 1,92 bilhão registrados no mesmo período anterior, quando superou os R$ 1,61 bilhão esperado. No primeiro trimestre, as entradas totalizaram R$ 1,61 bilhão, abaixo dos R$ 1,74 bilhão de consenso.

Para o IRB Brasil, o BTG Pactual deve registrar R$ 518 milhões no segundo trimestre, sendo que um ano antes o resultado havia sido de R$ 287 milhões.

– Locamerica

A companhia de aluguel de veículos e gestão de frotas deve registrar lucro líquido por ação de R$ 0,58 no segundo trimestre de 2019, superando assim os R$ 0,44 de um ano antes, quando havia uma estimativa de mercado de R$ 0,36. Na abertura do ano, o resultado da companhia foi de R$ 0,49, abaixo dos R$ 0,55 esperados.

No caso das receitas, o consenso do mercado aponta para R$ 1,08 bilhão entre abril e junho deste ano, contra os R$ 770 milhões de igual período anterior. Nos três primeiros meses de R$ 2019, os números foram de R$ 1,03 bilhão.

O BTG tem estimativa de receitas de R$ 1,056 bilhão e lucro de R$ 78 milhões para a companhia, sendo que o Ebitda esperado é de R$ 278 milhões e margem 25%. Um ano antes, as receitas foram de R$ 770 milhões, com lucro de R$ 51 milhões e Ebitda de R$ 227 milhões.

– Taesa

A mediana das projeções dos analistas aponta que a elétrica deve fechar o segundo trimestre do ano com lucro líquido por ação de R$ 0,56, sendo que no mesmo período de 2018 o resultado foi de R$ 0,75, o que ficou acima dos R$ 0,73 esperados na época. Já entre janeiro e março deste ano, o resultado foi de R$ 0,60, em linha com o mercado.

Para as receitas, o consenso para o período entre abril e junho é de R$ 344,28 milhões, contra os R$ 382,57 milhões de um ano antes. Já na abertura do ano, o resultado foi de R$ 362,35 milhões, abaixo dos R$ 450,97 milhões que era esperado pelo mercado.

BRASIL ON (BOV:BBAS3)
Gráfico Histórico do Ativo

1 Ano : De Fev 2019 até Fev 2020

Click aqui para mais gráficos BRASIL ON.

BRASIL ON (BOV:BBAS3)
Gráfico Intraday do Ativo

Hoje : Terça, 25 de Fevereiro de 2020

Click aqui para mais gráficos BRASIL ON.
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Cotações da NYSE e AMEX têm defasagem de no mínimo 20 minutos.
Quaisquer outras cotações têm defasagem de no mínimo 15 minutos quando não especificado.
Em caso de dúvidas por favor entre em contato com o suporte: suporte@advfn.com.br ou (11) 4950 5808.
P: V:br D:20200226 01:44:59