A Bradespar (BOV:BRAP4) divulgou na manhã desta quinta-feira (26) os resultados do quarto trimestre de 2019 (4T19) e registrou prejuízo líquido de R$ 387,8 milhões, revertendo um lucro de R$ 1,9 bilhão do quarto trimestre de 2018.

No ano de 2019, a empresa teve um prejuízo de R$ 403,2 milhões, puxado pelos resultados negativos da Vale, empresa na qual tem maior participação, após o rompimento na barragem de Brumadinho, em janeiro de 2019.

A receita operacional da companhia ficou negativa em R$ 344 milhões no quarto trimestre e R$ 358 milhões no acumulado do ano, efeito da equivalência patrimonial negativa da Vale após o acontecimento de Brumadinho.

Buscando simetria com a sua investida, a BRADESPAR deliberou em dezembro proposta para o pagamento de Juros sobre o Capital Próprio no montante de R$ 269,3 milhões, a serem pagos em conformidade com os seus fluxos de geração de caixa e distribuição do resultado da sua investida. Importante destacar que a dívida liquida da Companhia chegou a praticamente zero no exercício de 2019.

Desde 2017, os investimentos da BRADESPAR se concentram na VALE, empresa na qual a Bradespar tem representante no Conselho de Administração.

Ao final de 2019, o valor de mercado dos ativos da BRADESPAR, deduzida a dívida líquida, correspondia a R$ 15,6 bilhões.

Dividendos

A empresa anunciou, em 20 de dezembro de 2019, o pagamento de juros sobre o capital próprio no montante de R$ 269,3 milhões, sendo R$ 0,726619662 por ação ordinária e R$ 0,799281628 por ação preferencial, destinado aos acionistas inscritos nos registros da Companhia em 27 de dezembro de 2019.

A data do pagamento será deliberada em momento oportuno, de acordo com o seu fluxo de caixa, e serão pagos pelo valor líquido de R$ 0,617626713 por ação ordinária e R$ 0,679389384 por ação preferencial, já deduzido o Imposto de Renda na Fonte de 15% (quinze por cento), exceto para os acionistas pessoas jurídicas que estejam dispensados da referida tributação.

Efeitos do Covid-19

A Bradespar (BOV:BRAP3) disse que não foi possível, até este momento, mensurar eventuais impactos econômicos e financeiros futuros decorrentes da pandemia do novo coronavírus (covid-19), considerando ainda que é uma holding e suas operações são afetadas pelo impacto que ocorrer na Vale e outras empresas nas quais detém participações.

 

BRADESPAR PN (BOV:BRAP4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Nov 2020 até Dez 2020 Click aqui para mais gráficos BRADESPAR PN.
BRADESPAR PN (BOV:BRAP4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2019 até Dez 2020 Click aqui para mais gráficos BRADESPAR PN.