A Klabin (BOV:KLBN11) informa que os conselheiros independentes aprovaram, no último dia 23, a alteração dos termos da potencial incorporação da Sogemar pela companhia que haviam sido aprovados pelo conselho de administração em reunião de 15 de setembro de 2020.

Em fato relevante, a Klabin diz que a mudança visa ajustar o número de ações da companhia a serem atribuídas aos sócios de Sogemar caso a incorporação seja efetivada, que passa a ser de 69.394.696 novas ações ordinárias, nos termos aceitos pela Sogemar em acordo com a BNDES Participação, acionista da Klabin.

Com isso, o valor para incorporação será de 274 milhões de reais. A proposta anterior era de emissão de 92.902.188 ações.

Após tal aprovação na última sexta-feira, o conselho de administração, pelos conselheiros independentes que não detêm participação societária direta ou indireta em Sogemar, determinou que a diretoria convoque nova Assembleia-Geral Extraordinária para deliberar sobre a incorporação.

O acordo diz respeito ao valor demandado pela Sogemar, que é de membros da família Klabin, pelo uso da marca Klabin e derivadas.

VISÃO DE MERCADO

BTG Pactual

A BTG Pactual continua vendo a Klabin como a Soma das Partes. Nos últimos anos, a empresa foi prejudicada por seu investimento no Puma II, com alto investimento de crescimento e investidores atribuindo pouco (ou negativo) valor ao projeto. A recente alta fez com que as ações começassem a precificar em crescimento, mas ainda vemos valor oculto no Puma I e II. Continuamos gostando do modelo de negócios (principalmente flexibilidade, exposição ao USD e defensividade), pois vemos sinergias relevantes entre as operações e acreditamos que a empresa deve continuar a entregar sua história de crescimento pela frente. Reiteramos nossa Compra, pois ainda vemos potencial de valorização com base no DCF, apesar dos múltiplos esticados de curto prazo (negociando a 8,7x EV/EBITDA 21).

Guide Investimentos

Para Luis Sales, o Impacto é Positivo. Os resultados da Klabin vieram em linha com o consenso do mercado. Destacamos uma melhora dos volumes, mas ainda com uma leve queda das margens. Ainda, um aumento nos custos, contrabalanceado por grande aumento na receita, devido a continua desvalorização do câmbio, que beneficia as exportações da Klabin e as vendas de celulose, cuja receita é 100% atrelada ao dólar, inclusive no mercado doméstico. O reajuste de preços realizado no mercado doméstico para as linhas de papéis e embalagens também contribuiu para esse crescimento na comparação anual, ainda que não tenha sido concluído.

Morgan Stanley

De acordo com os analistas, o resultado foi forte com um Ebtida acima do esperado.

 

 

VISÃO TÉCNICA. Um oferecimento de YouTrade. Acesse: www.youtrade.pro.br


Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

Peça uma análise do seu portfolio de investimentos e ações. Clique e fale com o especialista.FaleComEspecialista