A Cury divulgou a prévia de seus resultados operacionais do primeiro trimestre de 2021 (1T21).

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:CURY3), nesta terça-feira (13)

No período foram lançados 6 empreendimentos totalizando o Valor Geral de Vendas de R$ 590 milhões, sendo 3 localizados em SP e 3 localizados no RJ.

Segundo a empresa, inclui-se no VGV Lançado o total de R$ 20,7 milhões referentes a unidades de permuta física no empreendimento Orla Recreio.

O preço médio das unidades lançadas atingiu R$ 200 mil reais, 14,4% superior aos R$ 175 mil observados no 1T20, em linha com a estratégia da companhia de explorar as faixas mais altas do programa Casa Verde e Amarela, bem como o SBPE, no primeiro nível já acima dos valores teto do programa habitacional.

A Cury quebrou seu recorde histórico de vendas trimestrais, considerando todos os trimestres de todos os anos de operação da companhia, e atingiu o VGV vendido de R$ 590 milhões, com crescimento de 147,1% ante o 1T20.

O share da empresa nas vendas saltou para 89,1% no 1T21 (+16,4 p.p. vs. 1T20).

Inclui-se no VGV vendido o total de R$20,7 milhões referentes a unidades de permuta física no empreendimento Orla Recreio.

A velocidade de vendas, medida pelo indicador de Vendas Sobre Oferta (VSO), no acumulado dos últimos 12 meses, foi de 68,9%, mesmo diante do aumento dos lançamentos observados nos últimos trimestres. No 1T21, a VSO foi de 43,5%, 9,3 p.p. superior ao 1T20.

No primeiro trimestre de 2021, a Companhia apresentou Geração de Caixa operacional positiva em R$ 8,4 milhões, 112,9% acima dos R$ 3,9 milhões registrados no 1T20.

Cury é uma das construtoras líder no segmento de baixa renda no Brasil.

VISÃO DO MERCADO

BTG Pactual

Para os analistas, a companhia vem mantendo as vendas e a expansão de margens, além de estar crescendo muito. Sendo assim, para o BTG Pactual o resultado operacional da Cury foi classificado como forte.

Frente ao resultado, os analistas mantiveram a recomendação de compra para os papéis da Cury, afirmando que eles são negociados a um preço atraente, considerando o potencial de lucro para este ano. O preço-alvo é de R$ 16,00.

A Cury pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 13 de maio.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 1T21

 Lucro líquido de R$ 190 milhões em 2020 e recorde de vendas líquidas

A Cury registrou lucro líquido foi de R$ 190,0 milhões ante R$ 204,1 milhões em 2019. A parte exclusiva da Cury foi de R$ 160,8 milhões.

Em 2020, a empresa registrou receita Líquida de R$ 1,14 bilhão em 2020.

A empresa divulgou recorde histórico de Vendas Líquidas de R$ 1,3 bilhão em 2020, alta de 37,0% em comparação com o ano anterior.

Os Lançamentos atingiram R$ 1,5 bilhão milhões em 2020, 34,2% superior aos R$ 1.148 milhões de 2019.

Em 2020, a VSO (Velocidade de vendas) foi de 64,3%, em linha com o desempenho observado em 2019, mesmo com o considerável aumento do volume lançado.

Considerando-se os lançamentos recentes, bem como as aquisições realizadas, a Companhia encerrou o ano de 2020 com carteira de terrenos de R$ 10,5 bilhões em VGV potencial, sendo 92% parte Cury.

Cury Construtora E Incor... ON (BOV:CURY3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Dez 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos Cury Construtora E Incor... ON.
Cury Construtora E Incor... ON (BOV:CURY3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2021 até Jan 2022 Click aqui para mais gráficos Cury Construtora E Incor... ON.