A Energias do Brasil reportou lucro líquido de R$ 809 milhões no quarto trimestre de 2021. O resultado representa um crescimento de 15,6% em relação ao mesmo período de 2020.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação – ajustado foi de R$ 1,3 bilhão no período de outubro a dezembro de 2020, uma queda de 4% na comparação ano a ano. O Ebitda de 2021, por sua vez, subiu 27,5% frente 2020, para R$ 4,3 bilhões.

“Entregamos resultados econômicos e entregamos a concretização da estratégia anteriormente definida. Quanto aos resultados, construímos um Ebitda de R$ 4,3 bilhões e lucro líquido de R$ 2,2 bilhões, com um crescimento de 28% e 43%, respectivamente. Em termos de estratégia, executamos o planejamento através do asset rotation de três lotes de transmissão”, escreveu o presidente João Marques da Cruz no release de resultados da EDP.

A receita líquida somou R$ 2,9 bilhões no 4T21, alta de 19,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo a EDP, o desempenho se deve a reajustes tarifários das distribuidoras, com efeito médio percebido pelo consumidor de 12,39% na EDP SP e de 9,75% na EDP ES; e maior reconhecimento de VNR (+R$ 4,5 milhões), resultante do aumento do IPCA entre os períodos comparados.

A margem bruta da companhia foi de R$ 1,461 bilhão entre outubro e dezembro de 2021, retração de 20,1% na comparação com igual etapa de 2020.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 289,1 milhões no 4T21, piora de 41,6% sobre as perdas financeiras em relação à igual etapa de 2020.

Em relação à dívida líquida, a companhia informou que houve um aumento de 28,4%, a R$ 7,880 bilhões.

Dessa forma, o índice de alavancagem, medido pela relação entre dívida liquida e o Ebitda ajustado foi de 2 vezes, mantendo-se estável em relação ao 4T20.

A EDP investiu R$ 695 milhões no quarto trimestre do ano passado, elevação de 4,4% em relação ao mesmo período de 2020.

A empresa anunciou nesta quarta-feira que pagará dividendos e Juros sobre Capital Próprio (JCP) de R$ 1,2 bilhão, o que representa R$ 2,18 por ação.

Em 29 de dezembro, o Conselho de Administração aprovou o pagamento de Juros sobre o Capital Próprio no montante de R$ 454,8 milhões, correspondente a R$ 0,79 por ação, relativos ao exercício de 2021.

A Companhia levará para deliberação na Assembleia Geral Ordinária (AGO), no dia 05 de abril de 2022, dividendos totais no valor de R$ 803 milhões, equivalente à R$ 1,39 por ação, totalizando R$ 2,18 por ação.

Os resultados da Energias do Brasil – EDP (BOV:ENBR3) referente suas operações do quarto trimestre de 2021 foram divulgados no dia 16/02/2022. Confira o Press Release completo!

Teleconferência

A EDP Brasil já indicou à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e ao Ministério de Minas e Energia a intenção de prorrogar a concessão de sua distribuidora de energia no Espírito Santo, cujo contrato se encerra em 2025, disse nesta quinta-feira o presidente do grupo, João Marques da Cruz.

“Todas as conversas têm sido positivas com o poder concedente”, disse o executivo em teleconferência com investidores. “Não trabalhamos com cenário de renovação onerosa, trabalhamos no cenário da lei e dos precedentes, das últimas prorrogações.”

Ainda na teleconferência, Cruz reiterou a aposta da companhia em geração de energia solar.

No segmento de grandes usinas solares, a EDP Brasil deve desenvolver mais dois projetos ao longo deste ano junto com a EDP Renováveis, disse ele.

Na véspera, ele disse a jornalistas que a empresa está próxima de anunciar um projeto solar em São Paulo, de 250 MW, e trabalha para concretizar um outro projeto em Minas Gerais.

Em relação aos ativos hídricos, a companhia pretende manter os mecanismos de proteção ao risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês), que prejudicou os resultados das geradoras no ano passado devido à escassez de chuvas. A expectativa é de que o GSF siga na casa dos 20%, disse o CFO, Henrique Freire.

Para 2022, a EDP Brasil tem um hedge de 25% para seu portfólio de hidrelétricas (ante 24% em 2021), usando mecanismos de recompra de energia e descontratação de garantia física. Para o biênio 2023-2024, o índice é de 20%.

VISÃO DO MERCADO

Credit Suisse

O Credit Suisse diz que a EDP Brasil apresentou resultados regulatórios melhores do que o esperado, refletindo números de geração acima do estimado, liderados por unidades hidrelétricas (melhores vendas de energia), apesar de números mais fracos das unidades de distribuição.

Os números reportados foram auxiliados pelos impactos do IFRS na unidade de transmissão, contabilização do VNR e venda não recorrente de ativos, parcialmente compensados ​​pelo impairment na unidade Pecém.

Além disso, o banco destaca o anúncio de R$ 803 milhões em dividendos (6,8% dividend yield).

Credit Suisse mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 24,80…

Itaú BBA

Números do 4T21 divulgados pela companhia oferecem um cenário positivo. Além disso, a empresa propôs uma distribuição de dividendos recorde, de R$ 803 milhões, totalizando R$ 1.258 milhões referentes aos resultados de 2021 (implicando um dividend yield de 10,2%).

A análise ressalva que “dado o desempenho superior da ação nos últimos meses, a Energias do Brasil está agora com uma valorização menos atrativa do que os seus principais pares”.

XP Investimentos

A EDP Energias do Brasil divulgou seus resultados do 4T21 que ficaram abaixo de nossas estimativas e do consenso de mercado, principalmente, devido à uma menor margem de contribuição no segmento de geração (-20% A/A e -21% vs. XPe).

Os principais eventos do ano de 2021 foram: aquisição da CELG-T, concluída em 22/07/07; programa de recompra de ações e cancelamento de 25,7 milhões de ações; reciclagem de capital de três linhas de transmissão (RAP de R$ 131 milhões); desenvolvimento de projetos solares e linhas de transmissão; e forte distribuição de dividendos.

XP mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 22,00…

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

ENERGIAS BR ON (BOV:ENBR3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2022 até Ago 2022 Click aqui para mais gráficos ENERGIAS BR ON.
ENERGIAS BR ON (BOV:ENBR3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Ago 2021 até Ago 2022 Click aqui para mais gráficos ENERGIAS BR ON.