A elétrica paranaense Copel recebeu do governo do Paraná, seu controlador, um comunicado sobre a intenção do Estado de transformar a elétrica em companhia de capital disperso, sem acionista controlador.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:CPLE3) (BOV:CPLE5) (BOV:CPLE6) nesta segunda-feira (21).

Conforme estudos conduzidos pelo Conselho de Controle das Empresas Estaduais (CCEE), o governo paranaense permaneceria com participação de pelo menos 15% do capital social total da elétrica, e de 10% da quantidade total de votos conferidos pelas ações com direito a voto.

A transformação da Copel em uma “corporation” se daria através de oferta pública secundária de ações e/ou units, conforme plano do governo paranaense.

“A Operação objetiva a captação de recursos financeiros para suprir necessidades de investimento do Estado do Paraná, bem como a valorização de suas ações remanescentes detidas na Copel”, diz o comunicado recebido do controlador.

Entre os termos da oferta, o governo estadual destaca que nenhum acionista ou grupo de acionistas poderá exercer um poder de voto superior a 10% e que a sede da Copel deve ser mantida no Estado do Paraná.

Além disso, deve ser criada uma ação preferencial de classe especial, de propriedade exclusiva do estado, que conferirá o poder de veto no Plano Anual de Investimentos da Copel Distribuição.

A companhia, que atua em geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia, disse que “irá avaliar o modelo proposto e os procedimentos específicos para sua efetivação, incluindo a eventual convocação da assembleia” de acionistas.

Informações Reuters e TC

COPEL PNB (BOV:CPLE6)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jan 2023 até Fev 2023 Click aqui para mais gráficos COPEL PNB.
COPEL PNB (BOV:CPLE6)
Gráfico Histórico do Ativo
De Fev 2022 até Fev 2023 Click aqui para mais gráficos COPEL PNB.