A Itaúsa rescindiu de comum acordo com os demais signatários, o acordo de acionistas da XP.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:ITSA4) nesta segunda-feira (10).

A participação atual da Itaúsa é de 4,28% do capital social total e 1,51% do capital votante na XP.

Com a rescisão, os membros indicados pela Itaúsa no Conselho de Administração e no Comitê de Auditoria da XP renunciarão aos seus cargos oportunamente e, com isso, a Itaúsa deixará de registrar contabilmente o investimento na XP pelo método de equivalência patrimonial, passando a tratá-lo como ativo financeiro mensurado a valor justo.

A mudança no tratamento contábil pela Itaúsa, conforme exigido pelas normas contábeis, impactará positivamente o resultado do terceiro trimestre de 2023 em, aproximadamente, R$ 860 milhões (valor líquido), considerando a cotação da ação da XP e a taxa de câmbio de fechamento da última sexta-feira (7).

A holding afirmou ainda que manterá o plano de desinvestimento na XP, conforme já comunicado, “por não se tratar de ativo estratégico, sendo que os recursos a serem obtidos serão destinados majoritariamente ao reforço de caixa e à ampliação do nível de liquidez da Itaúsa”.

Informações Infomoney
ITAUSA PN (BOV:ITSA4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mar 2024 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos ITAUSA PN.
ITAUSA PN (BOV:ITSA4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Abr 2023 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos ITAUSA PN.