Tesouro Direto: volume negociado pelos títulos públicos federais em janeiro de 2015

LinkedIn

Rio de Janeiro, 25 de Fevereiro de 2015 – De acordo com o Tesouro Nacional, o volume financeiro médio diário gerado pelos títulos negociados no mercado secundário aumentou de R$ 17,09 bilhões, em dezembro de 2014, para R$ 18,28 bilhões, em janeiro de 2015.

Os títulos públicos prefixados foram os que apresentaram a menor variação entre os dois meses, de R$ 10,81 bilhões para R$ 10,85 bilhões, mas mantiveram-se como os títulos mais negociados no mês, respondendo por 59,33% do volume total.

As Letras do Tesouro Nacional (LTN) com vencimento em janeiro de 2016, que fecharam o mês anterior na terceiro posição entre os títulos públicos mais negociados, subiram duas posições em janeiro de 2015 e passaram a ser os mais negociados. Na segunda posição, aparecem as LTN com vencimento em abril de 2015, mantendo a mesmo posição ocupada no mês anterior. Na terceira posição aparecem as LTN com vencimento em julho de 2015, que ganharam uma posição em relação ao mês anterior.

Quanto às Notas do Tesouro Nacional Série F (NTN-F), o título mais negociado no mercado secundário no primeiro mês de 2015 foi aquele com vencimento em janeiro de 2025, que subiu uma posição na comparação com o mês anterior. Em seguida, aparecem as NTN-F com vencimento em janeiro de 2021, perdendo uma posição em relação a dezembro. Na terceira colocação aparecem as NTN-F com vencimento em janeiro de 2017, que manteve a mesma posição do mês anterior.

Os títulos públicos remunerados com base na flutuação das taxas de juros foram os que registraram maior variação no volume financeiro médio diário entre dezembro e janeiro, crescendo de R$ 2,66 bilhões (15,55%) para R$ 3,47 bilhões (18,98%).

Entre as Letras Financeiras do Tesouro (LFT), o título com vencimento em março de 2021, que não vinha figurando entre os mais negociados nos meses anteriores, fechou janeiro de 2015 em primeiro lugar. As LFT com vencimento em março de 2015 apareceram na segunda colocação, perdendo uma posição em relação ao fechamento de dezembro de 2014. Na terceira colocação, aparecem as LFT com vencimento em setembro de 2020, que perderam uma posição frente ao ranking do mês anterior.

Por fim, os títulos públicos com rentabilidade indexada por índices de preços tiveram crescimento de volume financeiro médio diária de R$ 3,59 bilhões (21,03%), no último mês do anterior, para R$ 3,97 bilhões (21,69%), no primeiro mês deste ano.

As Notas do Tesouro Nacional Série B (NTN-B) com vencimento em agosto de 2016, que ocupavam a terceira posição no mês anterior, aparecem em primeiro lugar  como os títulos mais negociados em janeiro de 2015. Em segundo, aparecem as NTN-B com vencimento em agosto de 2050, caindo uma posição em relação a dezembro. Em terceiro lugar, surgiram os títulos vincendo em maio de 2023, que sequer apareciam entre os cinco papeis mais negociados no mês anterior.

Notícias Relacionadas

– Brasil: dívida pública federal cai 2,09% no primeiro mês de 2015

– Estoque de títulos públicos no Tesouro Direto sobe 0,60% no primeiro mês de 2015

– Instituições financeiras e fundos de investimento reduzem exposição aos títulos da dívida brasileira em janeiro de 2015

– Brasil: perfil de vencimento dos títulos da dívida pública federal em janeiro de 2015

– Brasil: custo médio da dívida pública federal em janeiro de 2015

– Tesouro Direto: rentabilidade dos títulos públicos federais em janeiro de 2015

Deixe um comentário