Pelo terceiro mês de fevereiro consecutivo, Brasil registra déficit na balança comercial

LinkedIn

Rio de Janeiro, 02 de Março de 2015 – A balança comercial brasileira encerrou o segundo mês de 2015 com um saldo negativo de US$ 2,842 bilhões – todas as quatro semanas de fevereiro apresentaram déficit comercial. Este foi o terceiro mês de fevereiro consecutivo de saldo negativo da balança comercial.

Na comparação com fevereiro de 2014, houve retração de 33,55% na diferença entre o valor total de bens e serviços exportados e importados (de -US$ 2,128 bilhões para -US$ 2,842 bilhões). Pela média diária, a diferença entre fevereiro de 2015 e fevereiro de 2014 foi ainda maior: contração de 48,39% (de -US$ 106,4 milhões para -US$ 157,9 milhões).

Exportações Brasileiras em Fevereiro de 2015

As exportações brasileiras somaram US$ 12,902 bilhões no segundo mês do ano, alcançando o sétimo melhor resultado para meses de fevereiro desde o início da série histórica apurada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Este, porém, também foi o menor valor de bens e serviços exportados para um mês de fevereiro desde 2009.

Na comparação com fevereiro de 2014, as vendas brasileiras para o exterior diminuiram 24,11%. Todos os tipos de produtos registraram retração no valor total de transações, com destaque para os produtos básicos, que mais uma vez concentraram a maior participação nas vendas (42,00%).

Confira todos os detalhes sobre as exportações brasileiras em fevereiro de 2015

Considerando apenas os dezoito dias úteis do mês, o país exportou, em média, US$ 671,8 milhões por dia em fevereiro de 2015. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, que teve vinte dias úteis, houve retração nas vendas de produtos básicos (-22,67%), manufaturados (-11,14%) e semimanufaturados (-2,32%).

Importações Brasileiras em Fevereiro de 2015

As importações brasileiras somaram US$ 14,934 bilhões no segundo mês do ano, alcançando o quinto maior valor para meses de fevereiro desde o início da série histórica apurada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Este, porém, também foi o menor valor de bens e serviços exportados para um mês de fevereiro desde 2011.

Na comparação com fevereiro de 2014, as importações brasileiras diminuiram 17,32%. Quase todos os tipos de produtos registraram retração no valor total de transações, com destaque para as matérias-primas, que mais uma vez concentraram a maior parte das compras oriundas do exterior (44,91%). Já em relação ao mês anterior, com exceção das vendas de automóveis e combustíveis, que cresceram, respectivamente, 13,24% e 14,11%, todas as demias categorias de produtos registraram dimunuição do valor total importado.

Leia mais sobre as importações brasileiras em fevereiro de 2015

Considerando apenas os dezoito dias úteis do mês, o país importou, em média, US$ 829,7 milhões por dia em fevereiro de 2015. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, que teve vinte dias úteis, houve retração de importação em todas as categorias de produtos, com grande destaque, porém, para a compra de petróleo, que diminuiu 38,61%.

Notícias Relacionadas

– Exportações brasileiras obtém pior mês de fevereiro desde 2009

– Exportação: Todos os principais parceiros comerciais do Brasil compraram menos em fevereiro de 2015

– Baixo desempenho das exportações brasileiras em fevereiro é puxado pela forte queda nas vendas de produtos básicos e de combustíveis

– Todas as regiões brasileiras registraram quedas de exportação em fevereiro de 2015

– Estados Unidos mantêm-se como os maiores compradores de produtos brasileiros no segundo mês de 2015

– Mesmo em crise, Vale e Petrobras mantiveram a liderança entre as principais empresas brasileiras exportadoras em fevereiro de 2015

– Minério de ferro mantem-se fevereiro de 2015 como o principal produto de exportação do Brasil

– Balança Comercial: valor total das importações brasileiras diminui no segundo mês de 2015

– Brasil comprou menos dos principais blocos econômicos em fevereiro de 2015

– Produtos manufaturados responderam por 83,21% das importações brasileiras em fevereiro de 2015

– Balança Comercial: todas as regiões brasileiras importaram menos em fevereiro de 2015 do que no ano anterior

– Importação: óleo bruto e óleo combustível foram os itens que mais pesaram sobre a forte queda das compras brasileiras no exterior em fevereiro de 2015

– China manteve-se como o principal fornecedor dos produtos importados pelo Brasil em fevereiro de 2015

– Petrobras foi a empresa que mais importou no Brasil em fevereiro de 2015

Deixe um comentário