Brasil: PIB retrai 0,2% e soma R$ 1,408 trilhão no 1º trimestre de 2015

LinkedIn

Rio de Janeiro, 08 de Junho de 2015 – O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro apresentou variação negativa de 0,2% na comparação entre o primeiro trimestre de 2015 e o quarto trimestre de 2014, na série com ajuste sazonal. O Setor Agropecuário cresceu 4,7%, o Setor Industrial recuou 0,3% e o Setor de Serviços caiu 0,7%. Em valores correntes, o PIB no primeiro trimestre de 2015 alcançou R$ 1,408 trilhão, sendo R$ 1,199 trilhão no Valor Adicionado (VA) a preços básicos e R$ 209,0 bilhões em Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios.

No Setor Industrial, as categorias Indústria Extrativa Mineral (3,3%) e Indústria da Construção Civil (1,1%) registraram crescimento entre o primeiro trimestre de 2015 e o último trimestre de 2014. Já as categorias Eletricidade, Gás, Água, Esgoto e Limpeza Urbana (-4,3%) e Indústria de Transformação (-1,6%) apresentaram variação negativa entre o trimestres.

No Setor de Serviços, a queda foi puxada pelas categorias Transporte, Armazenagem e Correio (-2,1%), Administração, Saúde e Educação Pública (-1,4%), Outros Serviços (-1,4%), Intermediação Financeira e Seguros (-0,8%) e Comércio (-0,4%). Já as categorias de Atividades Imobiliárias e Serviços de Informação cresceram 1,2% e 1,1%, respectivamente.

Confira todos os detalhes sobre o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no 1º Trimestre de 2015

Pela ótica da despesa, todos os componentes da demanda interna recuaram em relação ao trimestre anterior. A Despesa de Consumo das Famílias caiu 1,5%, enquanto a Formação Bruta de Capital Fixo (Investimentos) e a Despesa de Consumo do Governo recuaram, ambas, 1,3%.

No setor externo, as Exportações e as Importações de Bens e Serviços expandiram, respectivamente, 5,7% e 1,2% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Deixe um comentário