Nova intervenção do Banco Central e dia quente na política brasileira fazem dólar voltar a subir forte nesta segunda-feira

LinkedIn

O dólar voltou a subir forte nesta segunda-feira, com os investidores repercutindo bastante a forte ofensiva do governo contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, além da já corriqueira intervenção do Banco Central no mercado de câmbio brasileiro.

Em 2016, após sessenta e três pregões, o dólar acumula uma queda de 8,47% ante o real. São vinte e oito pregões de alta contra trinta e cinco de baixa. No ano passado, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,9470 para compra e a R$ 3,9480 para venda.

No mês abril, após dois pregões, a moeda norte-americana acumula uma valorização de 0,49%. Foram um pregão de baixa contra um de alta. No último pregão de março, o dólar fechara cotado a R$ 3,5935 para compra e a R$ 3,5963 para venda.

 

Dólar Hoje

O dólar subiu 1,43% ante o real nesta segunda-feira, 04 de abril de 2016, negociado a R$ 3,6128 para compra e a R$ 3,6138 para venda. Ao longo do dia, a cotação da moeda norte-americana oscilou entre R$ 3,5531 (valor mínimo) e R$ 3,6138 (valor máximo).

 

Cenário Internacional

No cenário externo, os investidores continuam atentos aos dados sobre a economia dos Estados Unidos (EUA).

Todos querem saber se e quando o Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano elevará a taxa básica de juros do país ainda este ano.

Juros mais altos nos EUA tendem a atrair recursos atualmente investidos em ativos de países emergentes, como o Brasil.

 

Cenário Nacional

No cenário local, os investidores continuaram de olho no cenário político.

Nesta segunda-feira, termina o prazo para o governo apresentar a defesa da presidente Dilma Rousseff à comissão de impeachment da Câmara dos Deputados.

Pela tarde, o presidente da comissão, deputado Rogério Rosso (PSD-DF), decidiu que presidente poderia ser defendida pela AGU (Advocacia-Geral da União).

A defesa ficará a cargo do advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, que pediu o arquivamento do processo, alegando falta de fundamentação jurídica e que na origem do pedido há um ato de vingança do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

A estratégia vem em um momento em que o governo busca angariar votos de deputados para impedir que o processo de impedimento avance. A percepção de que esses esforços podem dar resultados ganhou um pouco de força nos últimos dias após o rompimento do PMDB com o governo expor disputas internas no maior partido do Brasil.

Muitos investidores enxergam a possibilidade de impeachment de Dilma Rousseff como um primeiro passo para a recuperação da confiança no país. Alguns ponderam, porém, que a instabilidade política pode manter a pressão sobre a economia.

 

Banco Central

Outro fator que vem concentrando a atenção dos investidores é a estratégia de intervençõessobre o mercado de câmbio brasileiro do Banco Central (BC).

Após a forte queda nos preços da moeda norte-americana registrada na sexta-feira passada, o BC anunciou para a sessão desta segunda-feira um leilão de até 14.100 contratos de swap reverso, contratos equivalentes à compra de dólares no mercado futuro.

A autoridade monetária manteve a estratégia de promover vendas parciais, ofertando inicialmente apenas 8.140 contratos. Dessa forma, o BC consegue suavizar a trajetória de movimento do dólar no dia.

Além disso, o BC também manteve para esta sessão a oferta de até 5,5 mil contratos de swap tradicional – que possuem uma ação inversa dos swaps reversos, funcionando como uma venda de dólares no mercado futuro – para rolagem dos contratos com vencimento no próximo mês.

O Banco Central conseguiu vender novamente a oferta integral dos swaps tradicionais para rolagem. Com isso, repôs ao todo o equivalente a US$ 536 milhões, ou cerca de 5% do lote do mês que vem, que corresponde a US$ 10,385 bilhões.

Se mantiver esse ritmo até o penúltimo dia útil deste mês, o BC conseguirá rolar cerca de metade do lote de março. O BC rolou aproximadamente 67% do lote de abril, após promover sete rolagens integrais consecutivas.

 

Variação da Cotação do Dólar Comercial em 04 de Abril de 2016

Hora Compra Venda Variação % Variação Máximo Mínimo
16:59:00 3,6128 3,6138 1,43% 0,0511 3,6128 3,5531
16:49:00 3,6111 3,6118 1,38% 0,0491 3,6111 3,5531
16:39:00 3,6016 3,6028 1,13% 0,0401 3,6111 3,5531
16:29:00 3,6025 3,6045 1,17% 0,0418 3,6111 3,5531
16:19:00 3,6052 3,6064 1,23% 0,0437 3,6111 3,5531
16:09:00 3,6035 3,6042 1,17% 0,0415 3,6111 3,5531
15:59:00 3,6010 3,6022 1,11% 0,0395 3,6111 3,5531
15:49:00 3,6027 3,6044 1,17% 0,0417 3,6111 3,5531
15:39:00 3,6065 3,6072 1,25% 0,0445 3,6111 3,5531
15:29:00 3,6111 3,6128 1,41% 0,0501 3,6111 3,5531
15:19:00 3,6091 3,6118 1,38% 0,0491 3,6091 3,5531
15:09:00 3,6063 3,6081 1,27% 0,0454 3,6063 3,5531
14:59:00 3,6025 3,6037 1,15% 0,0410 3,6031 3,5531
14:49:00 3,5956 3,5979 0,99% 0,0352 3,6031 3,5531
14:39:00 3,5960 3,5980 0,99% 0,0353 3,6031 3,5531
14:29:00 3,5886 3,5909 0,79% 0,0282 3,6031 3,5531
14:19:00 3,5933 3,5953 0,92% 0,0326 3,6031 3,5531
14:09:00 3,5898 3,5913 0,80% 0,0286 3,6031 3,5531
14:00:00 3,5865 3,5881 0,71% 0,0254 3,6031 3,5531
13:50:00 3,5891 3,5901 0,77% 0,0274 3,6031 3,5531
13:39:00 3,5870 3,5876 0,70% 0,0249 3,6031 3,5531
13:29:00 3,5830 3,5837 0,59% 0,0210 3,6031 3,5531
13:19:00 3,5931 3,5941 0,88% 0,0314 3,6031 3,5531
13:09:00 3,5976 3,5986 1,01% 0,0359 3,6031 3,5531
12:59:00 3,5999 3,6005 1,06% 0,0378 3,6031 3,5531
12:49:00 3,6031 3,6036 1,15% 0,0409 3,6031 3,5531
12:39:00 3,5960 3,5967 0,95% 0,0340 3,5960 3,5531
12:29:00 3,5926 3,5936 0,87% 0,0309 3,5930 3,5531
12:19:00 3,5856 3,5866 0,67% 0,0239 3,5930 3,5531
12:09:00 3,5894 3,5905 0,78% 0,0278 3,5930 3,5531
12:00:00 3,5930 3,5942 0,88% 0,0315 3,5930 3,5531
11:49:00 3,5904 3,5910 0,79% 0,0283 3,5908 3,5531
11:39:00 3,5835 3,5855 0,64% 0,0228 3,5908 3,5531
11:29:00 3,5800 3,5811 0,52% 0,0184 3,5908 3,5531
11:19:00 3,5757 3,5777 0,42% 0,0150 3,5908 3,5531
11:09:00 3,5814 3,5820 0,54% 0,0193 3,5908 3,5531
10:59:00 3,5891 3,5905 0,78% 0,0278 3,5908 3,5531
10:49:00 3,5821 3,5831 0,57% 0,0204 3,5908 3,5531
10:39:00 3,5855 3,5879 0,71% 0,0252 3,5908 3,5531
10:29:00 3,5871 3,5885 0,72% 0,0258 3,5908 3,5531
10:19:00 3,5908 3,5932 0,86% 0,0305 3,5908 3,5531
10:09:00 3,5746 3,5756 0,36% 0,0129 3,5746 3,5531
10:00:00 3,5646 3,5651 0,07% 0,0024 3,5683 3,5531
09:49:00 3,5683 3,5698 0,20% 0,0071 3,5683 3,5531
09:39:00 3,5656 3,5666 0,11% 0,0039 3,5656 3,5531
09:29:00 3,5587 3,5598 -0,08% -0,0029 3,5608 3,5531
09:20:00 3,5531 3,5547 -0,23% -0,0080 3,5608 3,5531
09:09:00 3,5608 3,5623 -0,01% -0,0004 3,5608 3,5608

 

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.