Citi traça 3 gatilhos de curto prazo para ação da Petrobras

LinkedIn

Citi traça 3 gatilhos de curto prazo para ação da Petrobras

A Petrobras (BOV:PETR4) passa por uma reviravolta operacional, que tem alterado a sua cultura gerencial, mas também está ainda muito exposta às decisões políticas e setoriais, como a recente mudança na política de conteúdo nacional para equipamentos usados na exploração das áreas no pré-sal.

O analista Pedro Medeiros do Citi traçou três importantes fatos que podem ser gatilhos importantes para as ações da Petrobras no curto prazo.

1 – Elevação dos royalties. Segundo o banco, a mudança nos cálculos dos royalties pode ser anunciada no início de março e afetar o balanço da Petrobras em mais de R$ 1,5 bilhão por ano em Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização). Isso já podeira começar a engordar o caixa a partir do segundo semestre.

2 – Novos aumentos da gasolina. Aqui o Citi ressalta que o enfraquecimento do dólar sugere uma redução nos preços da gasolina há um típico aumento nos combustíveis no mercado internacional ao longo do primeiro semestre. “Será um importante evento para avaliar como a administração da pratica de preços dos combustíveis reagirá a uma potencial elevação das margens internacionais”, explica Medeiros.

3 – O terceiro ponto a ser considerado é a reavaliação dos ativos de direitos de produção, que deve ter um novo acordo em março. “Vemos uma alta probabilidade de a Petrobras receber de volta um crédito no acordo de US$ 42,5 bilhões estabelecido com o governo em 2010. O crédito deve representar uma adição significativa ao NAV (Net Asset Value). Por exemplo, uma mudança de 10% no valor da transação geraria um crédito de aproximadamente R$17 bilhões”.

A recomendação do Citi é de compra, com um preço-alvo de R$ 21,50.

Gustavo Kahil
24/02/2017 – 15:47

https://www.linkedin.com/company/moneytimes

Deixe um comentário