Inflação medida pelo IGP-DI registrou a segunda menor taxa de variação para meses de Março nos últimos dez anos

LinkedIn

A inflação medida pelo IGP-DI fechou o terceiro mês de 2017 com queda de 0,38% na comparação com fevereiro. No mês anterior, o índice tinha subido 0,06%. A variação deste mês, foi a segunda menor taxa de variação registrada para meses de março nos últimos dez anos. A maior oscilação no período foi aferida em março de 2014 (1,48%). Já a menor, foi obtida em março de 2009 (-0,84%). Nos últimos doze meses, o IGP-DI acumula alta de 4,41%.

Estas foram as taxas de variação do IGP-DI para os meses de março dos últimos dez anos: 2017 (-0,38%); 2016 (0,43%); 2015 (1,21%); 2014 (1,48%); 2013 (0,31%); 2012 (0,56%); 2011 (0,61%); 2010 (0,63%); 2009 (-0,84%); e 2008 (0,70%).

A desvalorização do mês de março (-0,38%) caracteriza uma forte desaceleração frente a leve alta registrada no mês anterior (0,06%). Também é a segunda menor variação mensal dos últimos doze meses, atrás apenas de julho, quando o indicador caiu 0,39%. Nos últimos meses vêm ocorrendo uma série de alternâncias entre acelerações e desacelerações mensais de alta no índice.

Estas foram as taxas de variação do IGP-DI nos últimos treze meses: março (-0,38%); fevereiro de 2017 (0,06%); janeiro de 2017 (0,43%); dezembro de 2016 (0,83%); novembro de 2016 (0,05%); outubro de 2016 (0,13%); setembro de 2016 (0,03%); agosto de 2016 (0,43%); julho de 2016 (-0,39%); junho de 2016 (1,63%); maio de 2016 (1,13%); abril de 2016 (0,36%); e março de 2016 (0,43%).

A inflação mensurada pelo Índice Geral de Preços Mercado (IGP-DI) é indicador de abrangência nacional, que mede a variação dos preços no período compreendido entre o primeiro e o último dia do mês de referência. O indicador é utilizado como referência para a correção de valores de contratos de energia elétrica e aluguel de imóveis. Clique aqui e saiba mais sobre o desempenho do IGP-DI no terceiro mês de 2017.

Deixe um comentário