Dólar encerra pregão em queda após divulgação de ata do FED

Google+ LinkedIn

Nesta quarta-feira (11), o dólar encerrou o pregão em baixa Durante o dia, a atenção dos investidores permaneceu voltado para os desdobramentos da divulgação da nova ata do último encontro de política monetária do Federal Reserve, banco central norte americano.

Histórico

Hoje, o dólar encerrou o dia com 0,43% de queda, cotado à R$ 3,1690 para compra e R$ 3,1700 para venda.

Em outubro, após 8 pregões, o moeda acumula 0,07% de valorização. São 4 pregões de baixa e 4 alta. No último pregão de setembro, o dólar fechou cotado a R$ 3,1669 para compra e R$ 3,1676 para venda.

Em 2017, após 195 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 2,45%. São 93 pregões de alta contra 102 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Influências

A ata sobre a última reunião do Federal Reserve, mostrou que os membros do banco tiveram um grande debate sobre as perspectivas de aceleração da inflação e a trajetória de futuras altas dos juros, se os preços não subirem mais.

O documento, em que o Fed anunciou que começará ainda este mês a reduzir sua carteira de títulos acumulada após a crise financeira e decidiu manter os juros, também revelou que os membros continuaram otimistas em relação ao impacto econômico aos furacões recentes.

No cenário nacional, os investidores continuavam monitorando a cena política, um dia após o deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) ter apresentado o parecer pela rejeição das acusações contra o presidente Michel Temer.

Bruna Calazans é repórter ADVFN e estudante de Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Também é responsável pelas colunas Balança Comercial, Mercado Diário, Análise Criptomoedas e Carteira Recomendada. Contato: brunac@advfn.com.br

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.