Mercado Financeiro reduz projeção para PIB e Inflação de 2018

LinkedIn

Os economistas do mercado financeiro divulgaram no primeiro relatório deste anoas suas previsões de inflação e de crescimento da economia para 2018.

As expectativas constam no relatório de mercado conhecido como “Focus”, feito com base em pesquisa realizada na semana passada pelo Banco Central, com mais de 100 instituições financeiras.

Inflação

De acordo com o levantamento do BC, os analistas estimam uma inflação de 3,95% para 2018, contra 3,96% do último relatório. A nova previsão mantém a inflação abaixo da meta central para o ano, que é de 4,5%, e, também, abaixo do piso de 3% do sistema brasileiro de metas – algo que, se for confirmado, ocorrerá pela primeira vez neste regime, que começou em 1999.

PIB e juros

Para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2018, a estimativa de crescimento caiu de 2,70% para 2,69%.

O mercado financeiro também manteve sua previsão para a taxa básica de juros da economia, a Selic, em 7% ao ano (atual patamar) para o fechamento de 2018.

Câmbio, balança e investimentos

Na primeira edição de 2018 do Boletim Focus, a projeção do mercado financeiro para a moeda norte-americana no final do ano ficou estável em R$ 3,34.

Durante a primeira semana de 2018, o dólar obteve uma desvalorização de 2,44%. Durante o ano, já se foram 4 pregões negativos, contra nenhum positivo. No último pregão de 2017, o dólar fechou cotado a R$3,3133  para compra e R$ 3,3144 para venda.

As projeções do relatório Focus para o resultado Balança comercial durante o ano de 2018 foram positivas, e apresentaram uma leve queda de US$ 52,5 bilhões, ante US$ 52 bilhões.  A Balança Comercial encerrou o ano de 2017 com superávit de US$ 67 milhões, valor semelhante a última estimativa do mercado, que previa um resultado positivo de US$ 66 milhões.

Com relação ao Investimento Estrangeiro Direto, o Boletim Focus atual prevê que será realizado um aporte de US$ 80,00 bilhões no país em 2018.

Boletim Focus

O Boletim Focus é um relatório divulgado semanalmente pelo BC. O relatório contem uma série de projeções sobre a economia brasileira coletadas junto a alguns dos principais economistas em atuação no país. Cerca de 100 (cem) analistas de mercado, representando as principais instituições financeiras do Brasil, opinam sobre a perspectiva futura de diversos indicadores de nossa economia. O relatório é confeccionado de segunda-feira a domingo, sendo divulgado sempre às segundas-feiras da semana seguinte à sua confecção.

Deixe um comentário