Bovespa sobe em meio aos receios das tensões comerciais no exterior

LinkedIn

O Ibovespa fechou com leve alta nesta segunda-feira (25), com o mercado de olho no exterior.

Histórico

O indicador teve alta de 0,44%, cotado a 70.952,97 pontos. Os papéis da Petrobras (PETR4) tiveram alta de 3,9%, enquanto que os da Vale (VALE3) recuaram 1,77%.

Após 17 pregões em junho, o índice desvalorizou 7,56%. Houve 7 fechamentos positivos contra 10 negativos. Em maio, o indicador fechou com 76.753,62 pontos.

Já no comparativo com 2017, após 119 pregões, o Ibovespa desvalorizou 7,13%. Já foram 60 fechamentos positivos contra 59 negativos. Ano passado, o índice fechou com 76.402,08 pontos.

Influências

Na cena local, o ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) optou nesta segunda (25) por encaminhar para julgamento no plenário da Suprema Corte, um novo recurso para a liberdade do ex-presidente Lula, solicitado pela defesa.

O julgamento deve ser agendado para agosto.

 

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário