Preocupações com novo vírus na China pesam sobre ativos de risco

LinkedIn

ÁSIA: as bolsas asiáticas caíram nesta terça-feira, devido preocupação com o impacto econômico de um surto de doença na China após o anúncio do governo chinês de uma quarta morte por coronavírus, centrado na cidade de Wuhan, que registrou mais de 200 pessoas doentes.

As autoridades disseram existe preocupações da doença se espalhar mais rapidamente durante o feriado do Ano Novo Lunar, quando muitos chineses viajam.

Outros governos asiáticos intensificaram a triagem de passageiros vindos da China, destacando o potencial impacto nas receitas de turismo, varejo, restaurantes, viagens aéreas e indústrias. Durante o surto de 2003 da síndrome respiratória aguda grave, o impacto econômico foi sentido em lugares distantes como o Canadá e a Austrália.

O composto de Xangai caiu 1,41%, enquanto composto de Shenzhen caiu 1,28%. O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 2,81%, liderando as perdas na região, após o rebaixamento do rating e  a perspectiva de estável para negativa, pela Moody’s na segunda-feira. A cidade foi atormentada por meses de protestos que periodicamente degeneraram em violência, aparentemente sem nenhuma solução à vista.

o Nikkei do Japão fechou em queda de 0,91%, enquanto o índice Topix caiu 0,53%. O Banco do Japão (BoJ) manteve sua taxa de política de curto prazo inalterada em -0,1%, assim como a meta de juros do governo japonês de 10 anos em torno de 0%, em linha com as expectativas. O banco central japonês disse que a economia do país “provavelmente continuará em uma tendência de expansão” até o ano fiscal de 2021.

Na Austrália, o S & P / ASX 200 fechou em queda de 0,19%, a 7.066,30 pontos. Entre as mineradoras, BHP caiu 0,3%, Fortescue Metals avançou 1,9%. A produtora Woodside Petroleum caiu 1,1%.

No geral, o índice MSCI Asia ex-Japan caiu 1,31%.

EUROPA: As bolsas de valores europeias operam em queda nesta manhã de terça-feira, com o início do Fórum Econômico Mundial (WEF) em Davos, Suíça e com as preocupações com uma nova cepa de pneumonia na China atingindo ativos de risco.

O pan-europeu Stoxx 600 cai 1% no início da sessão, com ações do setor de recursos básicos liderando as perdas, a medida que todos os setores e principais bolsas entraram em território negativo.

Entre as mineradoras listadas em Londres, Anglo American cai 2,2%, Antofagasta recua 2,9%, BHP cai 1,9% e Rio Tinto registra queda de 2,3%.

As mudanças climáticas e os negócios sustentáveis ​​serão o foco principal dos líderes na WEF deste ano, mas outros riscos políticos, como comércio internacional e instabilidade geopolítica, também estarão na agenda. Entre os principais participantes deste ano estarão o presidente dos EUA, Donald Trump , a chanceler alemã Angela Merkel e a ativista climática Greta Thunberg.

Foram criados 208.000 postos de trabalho no Reino Unido nos três meses até novembro e a taxa de desemprego ficou em 3,8%, informou o Escritório de Estatísticas Nacionais na terça-feira. A libra esterlina sobe 0,2383% frente ao dólar após a publicação dos dados.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA caem nesta terça-feira, em meios às preocupações de uma nova cepa de pneumonia na China, que está pesando sobre os investimentos de risco em todo o mundo.

As bolsas de valores dos EUA permaneceram fechadas na segunda-feira por conta do feriado do Dia de Martin Luther King Jr., mas fecharam a sessão de sexta-feira ligeiramente maior, encerrando em mais uma semana recorde.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) rebaixou na segunda-feira sua previsão de crescimento econômico global de 3,4% para 3,3% em 2020. Prevê-se que a economia dos EUA cresça 2,0% este ano, uma revisão para baixa de 0,1 ponto percentual em comparação com outubro de 2019 do FMI.

Entre as notícias corporativas, a Boeing está em negociações com bancos para emprestar US $ 10 bilhões em meio aos custos crescentes dos dois acidentes envolvendo sua aeronave 737 Max.

Os investidores estarão acompanhando os dados do Redbook dos EUA em janeiro, às 10h55 (horário de Brasília).

ÍNDICES FUTUROS – 7h30:

Dow: -0,29%

SP500: -0,41%

NASDAQ: -0,51%

OBSERVAÇÃO: Este  material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Deixe um comentário