BTG Pactual mira produtor de menor porte para crescer no agronegócio

LinkedIn

O BTG Pactual está reforçando o atendimento a pequenos e médios produtores para impulsionar a carteira de agronegócio, segundo informações da Coluna do Bradcast.

As ações do BTG Pactual são negociadas na B3 através dos papéis (BOV:BPAC3) (BOV:BPAC5) (BOV:BPAC11). Nos últimos 12 meses, os papéis do banco valorizaram 162%.

Conhecido pela atuação em investimentos e apoio a grandes companhias, o banco vai concorrer no agro com Banco do Brasil, Bradesco, Santander e Itaú. “Há tanta demanda por recursos que existe espaço para todos”, diz Rogério Stallone, sócio responsável pela carteira de crédito corporativo.

Dois anos após criar o BTG + business, braço para pequenas e médias empresas, os produtores integrados de aves e suínos, pecuaristas e agentes de menor porte já correspondem a 25% da carteira agro do BTG, de R$ 11 bilhões. Outros 75% são de companhias com faturamento superior a R$ 500 milhões, de diversos segmentos. Em 2019, a carteira agro do BTG era quase a metade da atual, de R$ 6 bilhões, com 15% vindos dos pequenos. O agro corresponde hoje a 15% da carteira total de crédito do BTG, de R$ 74 bilhões.

Rafael Nery, sócio responsável pela cobertura comercial de clientes corporativos, estima que em até três anos 25% da carteira do banco deve vir do agro, em linha com o peso do setor no Produto Interno Bruto (PIB) do País. Além do avanço entre pequenos e médios, há espaço para crescer entre os grandes grupos, acredita ele. Hoje são 100 os atendidos e podem se aproximar de 250. “Vamos prover crédito, gestão de recursos, apoio no acesso ao mercado de capitais e de ações.”

A atuação em seguro agrícola é outra aposta. Desde 2019, quando o BTG estreou no segmento, o total de prêmios (receita com apólices) saiu de R$ 52 milhões para R$ 212 milhões em 2020. O volume pode chegar a R$ 300 milhões em 2021, ainda que a prioridade seja consolidar o montante atual, explica Leonardo Felix, sócio responsável por seguro e resseguro. No segundo semestre, o banco começará a ofertar crédito também a seus clientes de seguros – produtores que se financiam com revendas, cooperativas e outros agentes.

Lucro líquido em 2020 de R$ 4,05 bilhões após crescer no 4T20 com ofertas de ações e crédito

O Banco BTG Pactual reportou lucro líquido em 2020 de R$ 4,05 bilhões, crescimento de 5,6% em relação ao resultado do calendário anterior. Ajustado, o retorno ajustado anualizado (ROAE) ficou em 19,1% no quatro trimestre e 16,9% em 2020.

Os resultados do Banco BTG eferente a suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 09/02/2021.

(Com informações da Coluna Broadcast)

Deixe um comentário