Bom dia ADVFN - Dados de vendas do varejo e produção industrial dos EUA na agenda

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  14 de Maio de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Bolsas mundiais: os mercados tentam recuperação em semana marcada por avanço dos indicadores de inflação nos EUA.

Na Ásia, os mercados fecharam em sua maioria em altas, seguindo o ritmo registrado nos Estados Unidos. As ações no Japão lideraram os ganhos. O índice Nikkei subiu 2,32%, após ter caído mais de 2% na quinta; o Kospi, da Coreia do Sul, subiu 1%. As bolsas da China continental também subiram. O índice Shanghai composto subiu 1,77%, enquanto que o componente Shenzhen subiu 2,092%. Em Hong Kong, o Hang Seng Index subiu 1,11%. Ações da gigante Alibaba listadas em Hong Kong caíram, no entanto, 4,03% após a empresa divulgar prejuízo operacional no seu quarto trimestre fiscal, o primeiro desde que foi listada na bolsa.

Na Europa, os índices europeus têm altas modestas, acompanhando o movimento positivo nos Estados Unidos e na Ásia. O índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, tem queda de 0,4%. O setor de varejo sobe 1%, enquanto que o de recursos básicos cai 1,7%, no  momento. No Reino Unido, o primeiro-ministro Boris Johnson demonstrou preocupação com a transmissibilidade aumentada da nova variante de Covid detectada pela primeira vez na Índia. Ele afirma que nada pode ser descartado como medida potencial para barrar sua propagação.

Nos Estados Unidosos índices futuros americanos têm altas no momento. Na quinta-feira, os CDC (Centros para Controle e Prevenção de Doenças), relaxaram as diretrizes nos Estados Unidos, afirmando que, na maior parte das situações, pessoas completamente vacinadas não precisam usar máscaras, em ambientes abertos ou fechados. As ações mais expostas à recuperação da economia subiram após o anúncio, com destaque para aquelas do setor aéreo. Nesta sexta, serão divulgados dados sobre vendas no varejo, produção industrial e sentimento do consumidor. A alta das commodities estagnou. O petróleo teve a maior queda semanal desde o início de abril, quando alguns países asiáticos lutaram contra os surtos persistentes de Covid-19, destacando a recuperação irregular da pandemia.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CL\M21) estão sendo negociados a US$ 64,37, com alta de 0,85%. O Brent (NYMEX:BZ) opera em alta de 0,87%, negociado a US$ 67,62.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 50.681,16 (+1,78). O ouro (COMEX:GC\M21) é negociado a US$ 1.833,45 por onça-troy (+0,52%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 7,49%, cotados a 1173 iuanes, equivalente hoje a US$ 182,24.

Coronavírus

O mundo registra 160.664.394 de casos de coronavírus e 3.335.894 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

Painel Vacinas Covid-19 Brasil:  Doses Distribuídas pela União: 82.891.485. Doses aplicadas: 49.829.377.

Brasil registrou  nas últimas 24 horas 2.383 novas mortes. Com isso, o total de vítimas que não resistiram à covid-19 chegou a 430.417.  A quantidade de pessoas infectadas pelo vírus desde o início da pandemia alcançou 15.433.989 e foram confirmados por secretarias estaduais de saúde 74.592 novos diagnósticos positivos da doença.

Brasil

O Senado aprovou projeto de lei (PL) que suspende o aumento de preço de medicamentos em 2021. O texto também determina a reversão de reajustes já aplicados em medicamentos este ano, havendo, inclusive, a restituição de pagamento já realizado. O projeto, aprovado por 58 votos a favor e 6 contra, segue para a Câmara dos Deputados.

Poderes

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira 13, que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), está na iminência de colocar o projeto de regularização fundiária em votação no plenário da Casa. Bolsonaro e Lira participaram na manhã desta quinta de evento público em Alagoas, Estado do presidente da Câmara. Em sua transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais, o presidente disse que certos países da Europa criticam o Brasil o tempo todo na questão ambiental, mas destacou que seria “uma guerra comercial”. O tema está sendo discutido simultaneamente pelas duas Casas do Congresso, e a ideia é produzir um texto que conte com a simpatia da Câmara e do Senado.

A Advocacia-Geral da União (AGU) acionou na quinta-feira (13) o Supremo Tribunal Federal (STF) para blindar o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello em depoimento à CPI da Covid, garantir o direito ao silêncio e inclusive barrar qualquer possibilidade de prisão durante a fala do general aos senadores.

Justiça

A União sofreu uma derrota bilionária no Supremo Tribunal Federal (STF). Por 8 votos a 3, a Corte decidiu que a retirada do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins, decisão que foi tomada em 2017, passa a valer a partir daquele ano. O entendimento contraria o governo, que pleiteava que essa regra só passasse a contar a partir do julgamento ocorrido nesta quinta-feira, 13. Paralelamente, foi decidido ainda que o ICMS a ser retirado da base de cálculo do PIS/Cofins pago pelas empresas deve ser o “destacado” na nota fiscal, que é maior que o efetivamente recolhido. O desfecho ainda não teve seu cálculo detalhado pelo governo, mas sabe-se que tem o potencial de sangrar a arrecadação federal, uma vez que vai reduzir a base sobre a qual os tributos federais são cobrados. O julgamento, que passou a ser chamado de a “tese do século”, devido ao impacto potencial tanto para União quanto para empresas, acabou por delimitar os efeitos da decisão tomada quatro anos atrás pelo Supremo, a qual consolidou a tese de que o ICMS não faz parte da base de cálculo do PIS/Cofins.

Economia

A equipe econômica foi a campo para defender a constitucionalidade da lei que instituiu a autonomia do Banco Central. O presidente do BC, Roberto Campos Neto, esteve na quarta-feira (12) com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, para apresentar argumentos favoráveis à manutenção da lei. O ministro da Economia, Paulo Guedes, também tem procurado os ministros da Corte para sensibilizá-los em relação ao tema.

Agenda Econômica

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

Nesta sexta-feira tem Vendas no Varejo e Produção Industrial e Uso da Capacidade dos EUA em abril.

🇺🇸  Vendas no varejo mensal e anual (09h30) ⭐️
🇺🇸  Variação no preço de bens importados e exportados (09h30)
🇺🇸  Produção industrial mensal e anual (10h15)
🇺🇸  Confiança do consumidor Michigan mensal (11h00)
🇺🇸  Contagem de Sondas Baker Hughes (15h00)

Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice encerrou o dia em alta de 0,83% , aos 120.705,91 pontos, na mínima o Ibovespa ficou em 119.711,29, e na máxima 121.426,34 pontos. O volume financeiro somou R$  30,9 bilhões.

O Ibovespa fechou em sintonia com a recuperação observada em Wall Street após o mergulho dos mercados de ontem. No contexto doméstico, o impulso foi alimentado por uma bateria de balanços corporativos, com Natura&Co, Yduqs e Eletrobras entre as pressões altistas.

Maiores altas do Ibovespa

YDUQ3: +9,67% a R$ 29,95
ELET3: +6,90% a R$ 40,11
EQTL3: +4,74% a R$ 24,30
VVAR3: +4,44% a R$ 12,22
ELET6: +4,14% a R$ 40,03

Maiores baixas do Ibovespa

USIM5: -4,47% a R$ 21,36
MRFG3: -3,77% a R$ 18,40
LWSA3: -3,52% a R$ 22,17
BIDI11: -3,05% a R$ 181,91
CSNA3: -3,01% a R$ 47,93

Dólar    

dólar comercial: encerrou em alta de 0,15% sendo cotado a R$ 5,313  para venda e a R$ 5,313 para compra, em um movimento motivado pelo fortalecimento do dólar nos mercados internacionais de câmbio e pelo avanço da CPI da Pandemia.

Juros:

O DI para janeiro de 2022 caiu um ponto-base a 4,87%, o DI para janeiro de 2023 teve queda de um ponto-base a 6,70%, o DI para janeiro de 2025 recuou um ponto-base a 8,23% e o DI para janeiro de 2027 ficou estável a 8,83%.

Ifix   

IFIX , o índice fechou em baixa de 0,12%, aos 2.827,60 pontos. Na mínima do dia, o índice bateu em 2.825,40 pontos, enquanto a máxima foi de 2.834,12 pontos. No acumulado de maio o IFIX registra queda de 1,17%, no ano cai 1,22%. A movimentação financeira foi de R$ 242,32 milhões.

Todas as carteiras de Fundos Imobiliários para o mês de maio de 2021: a ADVFN montou um compilado de todas as carteiras recomendadas disponíveis de Fundos Imobiliários para maio.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, estadão.

Deixe um comentário