Focus: apostas de analistas foram mais otimistas na segunda semana de outubro

LinkedIn

Rio de Janeiro, 14 de Outubro de 2013 – De acordo com o boletim focus divulgado semanalmente pelo Banco Central do Brasil, os economistas das principais  instituições financeiras mantiveram a perspectiva para a taxa Selic neste e no próximo ano em 9,75%. Por outro lado, os analistas do mercado financeiro elevaram marginalmente, na semana passada, sua previsão para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano e baixaram um pouco sua estimativa para a inflação neste ano.

O documento da autoridade monetária é fruto de pesquisa com mais de 100 instituições financeiras. O boletim divulgado nesta segunda-feira, refere-se as estimativas realizadas na semana passada, de 07 a 11 de outubro de 2013.

Os economistas das instituições financeiras reduziram sua expectativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano de 5,82% para 5,81% na última semana. Já para 2014, a previsão do mercado permaneceu estável em 5,95%.

 

Taxa de juros

 

Após a elevação dos juros básicos da economia para 9,5% ao ano na semana passada, a maior parte dos analistas do mercado financeiro manteve a expectativa de que a taxa Selic avançará para 9,75% ao ano na última reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central deste ano – marcada para o fim de novembro. Alguns economistas, porém, já preveem um aumento maior, para 10% ao ano, no mês que vem. Para o fim de 2014, a estimativa do mercado foi mantida também em 9,75% ao ano.

 

Produto Interno Bruto


Para o comportamento do PIB neste ano, o mercado financeiro elevou sua previsão de uma alta de 2,47% para 2,48% na semana passada, em linha com as estimativas tanto o Banco Central quanto o Ministério da Fazenda – que preveem uma expansão da economia da ordem de 2,5% neste ano. Para 2014, a estimativa dos analistas para o crescimento da economia permaneceu em 2,20%.

 

Câmbio


Nesta edição do relatório Focus, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2013 recuou de R$ 2,30 para R$ 2,29 por dólar. Para o fechamento de 2014, a estimativa dos analistas dos bancos para o dólar permaneceu em R$ 2,40.

 

 Balança Comercial

 

A projeção dos economistas do mercado financeiro para o superávit da balança comercial (exportações menos importações) em 2013 caiu de US$ 2 bilhões para US$ 1,99 bilhão na semana passada. Para 2014, a previsão de superávit comercial ficou estável em US$ 9,25 bilhões na última semana.

 

 

Deixe um comentário