IPCA-15 sobe 0,60% em Maio de 2015

LinkedIn

Rio de Janeiro, 25 de Maio de 2015 – O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) do mês de maio de 2015 apresentou oscilação mensal de 0,60%. Essa taxa de variação é 0,47% menor que a valorização registrada no mês anterior (1,07%) e 0,02% maior que a aferida em maio de 2014 (0,58%). A inflação do quinto mês de 2015 também foi a menor variação mensal registrada no ano até o momento. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2015, o IPCA-15 acumula uma alta de 5,19%, superior à taxa de 3,46% registrada nos cinco primeiros meses de 2014.

O IPCA-15 referente a maio apresentou resultado bem menos elevado que o de abril em razão, principalmente, da energia elétrica. Com peso de 3,88% na despesa das famílias, as contas de energia tiveram alta de 13,02% em abril, enquanto que, em maio, a variação foi de 1,41%. Isto fez o índice do grupo Habitação recuar de 3,66% para 0,85%.

Os grupos de Artigos de Residência (de 0,68% para 0,41%), Vestuário (de 0,94% para 0,80%), Transportes (de 0,33% para -0,45%), Despesas Pessoais (de 0,57% para 0,18%) e Educação (de 0,14% para 0,09%) também registraram menor variação percentual em maio do que em abril. Por sua vez, os grupos Alimentação e Bebidas (de 1,04% para 1,05%), Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,44% para 1,79%) e Comunicação (de -0,30% para 0,22%) registraram aceleração mensal na alta dos preços no quinto mês de 2015.

Das onze regiões metropolitanas pesquisadas pelo IBGE  para elaboração do IPCA-15, nove apresentaram desaceleração da alta dos preços em maio. Apenas Recife e Fortaleza registraram maior alta no quinto mês do ano do que em abril. A maior variação mensal dentre as regionais pesquisadas foi registrada pela região metropolitana de Fortaleza (1,23%). Já a região metropolitana de Brasília (0,14%) foi a que apresentou o índice regional mais baixo em maio.

Notícias Relacionadas

– IPCA-15: indicador prévio da inflação de Maio acumula alta de 8,24% nos últimos doze meses

Deixe um comentário