Bolsas abrem em forte alta após decisão do Fed

LinkedIn

As principais bolsas de valores mundiais abrem em alta hoje, após a decisão do banco central norte-americano, o Federal Reserve, elevar a taxa básica de juros do país para 0,50% ao ano, em linha com o esperado pelo mercado. Na Europa, no mercado alemão o índice DAX (DBI:DAX) já registra ganhos de quase 3% nesta manhã. Em Paris, o índice CAC-40 (EU:PX1) registra ganhos de mais de 2%. Ontem, após o anúncio, os mercados financeiros dos EUA também fecharam em alta: o índice S&P 500 subiu S&P 500 (SPI:SP500) 1,4% e o Nasdaq (NASDAQI:COMPX) registrou alta de 1,5%.

Outras notícias importantes do dia

• A produção de petróleo Petrobras (BOV:PETR4) caiu 1,4% em novembro, para 2,07 milhões de barris por dia, refletindo as paralisações durante a greve dos petroleiros.

• O popular aplicativo de troca de mensagens WhatsApp ficará bloqueado por ordem judicial nesta quinta-feira até amanhã ao final do dia. Mark Zuckerberg, fundador do Facebook (NASDAQ:FB), e proprietário do aplicativo, afirmou estar chocado com a decisão. A ação que obteve o bloqueio do aplicativo segue em segredo de justiça.

• A agência de classificação de risco Moody’s afirmou que a decisão do Governo em reduzir a meta do superavit primário para 2016 coloca a nota de crédito do país em revisão para rebaixamento.

• A taxa de desemprego no Brasil caiu para 7,5% em novembro, 0,4% menor na comparação mensal, segundo dados do IBGE.

• As ações da Oi (BOV:OIBR4) e TIM Participações (BOV:TIMP3) registraram fortes ganhos no pregão de ontem após novos rumores sobre uma possível fusão entre as operações das duas companhias.

• A Qualicorp (BOV:QUAL3) esclareceu que não tem nenhuma relação com as operações conduzidas pela Polícia Federal ontem e que não foi alvo de nenhum procedimento de busca e apreensão. O grupo repudia veementemente rumores envolvendo o seu nome, informando que nunca pleiteou ou obteve qualquer tipo de financiamento público para a realização de suas atividades.

• A CSN (BOV:CSNA3) está estudando antecipar a parada para manutenção da usina em Volta Redonda, que representa cerca de 30% da capacidade de produção de aço da companhia no Brasil.

• Janet Yellen, presidente do banco central norte-americano, não descartou uma pausa na elevação na taxa básica de juros no país caso a inflação por lá não atinja a meta de 2% ao ano.

Esta notícia foi extraída do Bom Dia ADVFN, newsletter diária divulgada pela ADVFN Brasil, em 17-12-2015. Acesse a versão completa do Bom dia ADVFN por este link: Clique aqui.

Deixe um comentário